quinta-feira, 16 de junho de 2016

LINDA TARDE- REPUBLICADO

POEMA SENSUAL

Na minha fonte de amor,

Deixo a água bater...

Para refrescar a brasa que me queima.

Sabes provocar,

Fazer de mim,

Um anjo, querubim...


Com muita emoção...

Junto ao teu pensamento,

O meu, de paixão...



NA MAIS PROFUNDA ENTREGA...

DO SABOR

DO MEU MAIS ÍNTIMO, AMOR...

AQUELE QUE BROTA DAS SENSAÇÕES

QUE LEVAM O CORPO A TREMER

E A BOCA, APENAS A GEMER...



Danço sobre teu corpo,

Nesse desejo louco,

Que agora me invade...

Querendo ser tua,

Nessa linda tarde...

Fátima Abreu



2 comentários:

  1. Belíssima poesia! Lirica e sedutora. Aplausos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela leitura e o carinho das tuas palavras, poeta amigo!

      Excluir