sexta-feira, 31 de março de 2017

VIVER É TÃO SOMENTE CAMINHAR




VIVER É TÃO SOMENTE CAMINHAR

Eu caminhei e ainda não cheguei...
Voei, entretanto, não criei asas.
Fugi, mas, não esqueci.

Amei e fui amada.
Tudo é passado, se contar como TEMPO.
Porém, tempo é relativo, e errar também.
Não existe fórmula nem para mim, ou para mais alguém...

Chorei rios.
Sorri mares.
Amo oceanos.

O futuro é relativo, como tudo que se conta.
Continuo no meu caminhar.
A estrada é longa, mas, um dia vou chegar!
Há pessoas que pegam atalhos... Bem, isso parece, mas, não é conveniente:
Um atalho mal escolhido, pode dar numa curva de enorme perigo...


Fátima Fatuquinha Abreu


 

LEMBRA DE MIM AINDA? REPUBLICADO



Gosto tanto, que dei continuidade:

 Lembra De Mim Ainda?

No passo jogado para um lado.
Na estatura de menina.
Na pele macia, embora madura.

Como fruta no pé.


Lembra de mim?
Dos beijos intensos e cálidos.
O calor que subia...
Do sorriso, com uma mordida no canto.
Achava isso muito atraente... lembra?
Sente?
Das tardes clandestinas...
Do desejo estampado no olhar.
E o pouco tempo que tínhamos para nos amar...


Lembra de mim?
Tem ainda a foto em suas mãos?
Delírios que isso te provocava...
E quando no meio da madrugada, o telefone tocava.
Olhava para a foto de lingerie e falava do desejo de estar ali...

Fátima Abreu Fatuquinha



terça-feira, 28 de março de 2017

Sobre a Culpa...

Compartilhando Ideias que Iluminam: Sobre a Culpa

A vida é uma escola onde tudo serve de lição.
Devemos aprender sempre, pois a busca do conhecimento como evolução para o espírito, nunca acaba.
Somente você é responsável pelos seus atos, nunca culpe outra pessoa....
CULPAR E SENTIR-SE CULPADO, SÓ ATRASA SUA EVOLUÇÃO ESPIRITUAL.
Tudo é consequência daquilo que faz e de suas escolhas. Tenha isso em mente, e novamente, não crie culpados, pois você não é vítima.
Da mesma forma, nunca julgue.
Cada um, passa aquilo que tem que passar. E comete as ações repetidas vezes, pois é colocado em teste, até que aprenda.
Novas lições se seguirão.
No círculo da vida, erros fazem parte do aprendizado. Não se culpe, mas sim, tente corrigir... Isso prossegue com sua evolução.


segunda-feira, 27 de março de 2017

AÇÃO E REAÇÃO: ESSA É A LEI- REPUBLICADO


REPUBLICO


Ação & Reação: ESSA É A LEI!


Todos os assuntos nesse plano, tem correlação: Há uma teia invisível que liga cada fato e pessoa a outra, e assim sucessivamente...
Quase um 'EFEITO BORBOLETA'.
Difícil acharmos que haja isso, em acontecimentos de nossas vidas. Entretanto, há sempre.


"Nada é por acaso", é uma das máximas que mais se ouve por aí.
Poderia usar outra semelhante: Nem uma folha caí sem a vontade de Deus.
Tudo tem um porquê.
E vão- se muitas outras...
Muitas vezes temos que sacrificar algo, para mais na frente,
termos um fruto melhor.
Outras, temos que aceitar resignados o futuro, o momento presente, e saber que tudo vem em consequência do passado.


Que passado? Talvez aquele que não lembre, pois não está nas memórias recentes.
Poderia usar outros tantos ditados populares (isso é um costume meu, e da família):
"Quem com ferro fere, com ferro será ferido"
" Um dia é da caça, outro do caçador"
Mas, prefiro dizer que a Lei é da Ação e Reação.
Leitores, saibam que a Física comum está ligada estreitamente ao 'Quantum', daí hoje em dia termos a ramificação para Física Quântica.
O Universo é um emaranhado de acontecimentos entre tempo e espaço.
Acredito também nos Universos Paralelos piamente.
E todos podem ser mudados.
Entretanto, Ação e Reação, é sempre a mesma seja em qualquer realidade.


O Tempo é uma ilusão. Tempo é apenas o que o Homem convencionou para explicar o passar das horas, minutos e segundos.
Tudo é relativo. Inclusive ele.
Sou uma estudiosa das teorias a respeito disso cientificamente e espiritualmente.
Porque o espírito desprovido do invólucro da carne, pode fazer essa proeza: Viajar no tempo.


Então, baseado nisso, o que nos prende a esse exato tempo e espaço, é a matéria.
Porém, os cientistas estudiosos da Teoria da Relatividade de Albert Einstein, acreditam que a matéria também pode ser transportada no espaço tempo.
O chamado "Buraco de minhoca", seria capaz de levar uma pessoa de um tempo a outro.
Mas, não é esse o tema que quero explorar aqui.
O que quero dizer é que você tem a chance de mudar o futuro, se acertar no presente. Com base no passado, pois ele só serve para uma coisa: Dar a lição.
Para finalizar o texto, deixo pensamentos que gostei de ler sobre o cientista em questão:





"O ser humano vivência a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."
Albert Einstein




"A distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão teimosamente persistente."
Albert Einstein




"A coisa mais bela que podemos vivenciar é o mistério.
Ele é fonte fundamental de toda verdadeira arte e de toda ciência. Aquele que não o conhece e não mais se maravilha, paralisado em êxtase, é como se estivesse morto: seus olhos estão fechados.
Eu quero saber como Deus pensa.
O resto... são detalhes."
Albert Einstein


"A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original."
Albert Einstein














domingo, 26 de março de 2017

UM NOVO ACHADO... LOJA DE VARIEDADES PARA MOSTRAR



 
 
 



QUERIDOS LEITORES E AMIGOS DO BLOG LAR:

SABEM COMO GOSTO DE PRESTIGIAR LOCAIS EM QUE EU ME SINTA BEM.
TEMPOS ATRÁS, FALEI E MOSTREI COM FOTOS E VÍDEO  SOBRE A LOJA "VILA VERDE", AQUI EM MARICÁ, RJ.
AGORA, MOSTRO UMA OUTRA, BEM PARECIDA EM TERMOS DE OBJETOS ESOTÉRICOS.
AS DIFERENÇAS SÃO QUE NA PRIMEIRA, HÁ O CAFÉ E PRODUTOS ALIMENTÍCIOS  VEGANOS, ALÉM DA VASTA LIVRARIA COM TABACARIA, IMAGENS E OBJETOS RAROS, TIPO VINTAGE, NO MESMO ESPAÇO.

NESTA LOJA QUE ACHEI NO SÁBADO, DIA 25/03, HÁ SEU PRÓPRIO DIFERENCIAL:
TEM AVIAMENTOS, BAZAR DE ROUPAS, ARTESANATO COM FIBRA AMAZÔNICA ( capim dourado), ALÉM DOS PRODUTOS ESOTÉRICOS, SABONETES ARTESANAIS (FEITOS PELA PAULA, A DONA DO LOCAL), INCENSOS, VELAS, CRISTAIS, BANHOS PERSONALIZADOS, OBJETOS DE DECORAÇÃO E AFINS...

VALE DAR UMA OLHADINHA E CONFERIR, PARA QUEM MORA EM MARICÁ, COMO EU. VEJA A DISPOSIÇÃO DOS OBJETOS NAS FOTOS.

AQUI O PANFLETO DA LOJA OSTARA:




                                               E MAIL: ostara.artesanato@gmail.com

O CELULAR PARA CONTATO NO WHATSAPP, É ESSE DO PANFLETO MESMO:

21- 987070471

A LOJA FICA NO BAIRRO QUE MORO: SÃO JOSÉ DE IMBASSAÍ.

Rua:  Osdevaldo Marins da Mata, 11, loja 03
CEP:24931645

Aberta de 9:00hs até 17:00hs


video

sábado, 25 de março de 2017

Trecho Do Meu Livro: Fleurine & Morgana


TRECHO DO MEU ROMANCE ERÓTICO/MEDIEVAL: republicado

...Morgana abriu a porta, com seu habitual sorriso no rosto. Ao perceber a presença do nobre, ficou visivelmente sem jeito. Era de origem bretã e humilde, portanto não possuía sobrenome. E os franceses não os via com bons olhos. Pois sabiam da origem celta e pagã de muitos deles, o que era profundamente inaceitável para os cristãos, fora as guerras entre esses dois povos desde muito tempo e que sempre estavam a se estranhar e novamente recomeçar novo ciclo de combates.
Mas essa sensação mudou, assim que ele lhe retribui o sorriso. E fazendo uma reverência ao conde, ela mostrou o caminho do salão central. Fleurine seguia de braço dado ao convidado e não parara nenhum minuto de lhe falar.
Morgana sensitiva que era, percebeu a aproximação entre as suas auras e teve o pressentimento que seus destinos estariam ligados de alguma forma.

O jantar foi servido no horário habitual: 20:00 horas. Morgana caprichou em cada detalhe para sentir que sua condessa, estava satisfeita com seu empenho.
Fleurine chamou Morgana para sentar-se à mesa com eles. Estava receosa, pois não saberia o que o conde acharia disso, continuou em pé servindo. Fleurine segurou pelo braço, puxou-a para sentar-se e beijou-a na frente de Marcel, deixando bem claro o relacionamento que tinham: eram muito mais que senhora e serva...
Ele,fingiu não importar-se, mas dentro de seu íntimo não entendia porque uma mulher gostava dessa forma de outra, ainda mais sendo uma serva... Se ainda fosse nobre como eles! 
Sabia que isso era uma prática normal entre as damas de porte nobre: gostavam muito dessas brincadeiras sexuais, pois eram virgens na maioria e não podiam satisfazer seus desejos íntimos com homens, até arrumarem um pretendente a altura de seus títulos para um casamento futuro, divertiam-se nos ‘joguinhos de moças’...

FÁTIMA ABREU
 
 

 * imagem de Sestayo, cedida por Adilson Bonassa




 

terça-feira, 21 de março de 2017

OLHANDO A MARCA DO HORIZONTE... reeditado



 

 

 Reeditado

OLHANDO A MARCA DO HORIZONTE...
 POESIA BUCÓLICA



Pensamentos voam, como as gaivotas que ali estão sobre as pedras.
...
Quem de nós estaria certo?
Sinto que o bucolismo toma conta de mim.
Nostalgia enfim.

Quantas vezes olhei o mar!
Quantos motivos diferentes, para contemplar...

Vim para sentir o vai e vem das ondas
Como é o movimento da minha vida:
Sentimentos múltiplos!
Mistura de alegria, tristeza, saudade, impulsos...

Moro dentro da poesia, e por ela vivo!
Um sopro de vento, agora em meus cabelos.
A brisa indica que a maré vai mudar em breve...
Observo as embarcações pesqueiras.
Espero meu amor verdadeiro,
como as embarcações estão ali, à espera do pescado.

O farol agora está aceso.
Já é final de tarde.
Tenho de ir embora.

Levanto da areia, sacudo a kanga.
Vou pegando a bolsa, as sandálias...
Agora me despeço da melancolia,
Como do mar, nesse momento.

Dou mais uma olhada para trás.
Reparo na majestade que impera no farol:
Ali, erguido pra iluminar caminhos de um pescador ou marinheiro,
ou ainda, do meu imaginado veleiro...

Resquícios da nostalgia, a que me entreguei.
Vou, mas volto!
Pela vontade divina,
De mais vezes olhar o mar,
Esperando que da próxima,
Seja para me alegrar.

Fátima Fatuquinha Abreu
 

sábado, 18 de março de 2017

Trecho do meu livro: A Verdade de Gaia


REPUBLICADO

Os atlantes se espalharam pelo mundo.
Mas os lemurianos que se salvaram, (25.000) migraram para essa região congelada do planeta, levando segredos que para o Homem comum, seriam desastrosos.
E lá, seus descendentes novamente se multiplicaram. Incrivelmente, sofreram uma mutação e as gerações que vieram depois, cresceram tanto, que chegavam a 3 metros de altura. Atualmente, o “lar pátria” é no Monte Shasta.
Alguns jovens querendo conhecer o mundo exterior receberam autorização para isso. Porém, nada poderia ser comentado sobre sua terra natal.
Misturaram-se entre vários povos e até ajudaram a desenvolver o caminho da Humanidade. O homem comum os chamava de deuses.
 No Egito, na Grécia, nas Américas dos incas, astecas e maias, até mesmo na Índia e entre alguns outros povos do Oriente.

Com o passar das centenas e centenas de anos, eles acharam  que o conhecimento que tinham, ainda era perigoso para o homem, porque esse, não aprendera até então, a noção de companheirismo, união, perdão e tolerância. As guerras se seguiam em toda parte. Com ela, a miséria, fome e as doenças.
Se os seres humanos comuns tivessem a tecnologia que  atlantes e lemurianos possuíam, a Terra já teria sucumbido por tantas guerras desnecessárias. Por que sabiam disso?
Porque eles mesmos sucumbiram devido ao poder e conhecimento que tinham em mãos...




...Mas não só os atlantianos exerceram poder sobre a nova raça humana, constituída pela mistura deles com outros povos:
O grupo que foi para o Egito, escravizou a população, ergueu pirâmides para servirem de portal, mas em troca de total servidão, eles lhe davam a esperança da vida eterna, através da religião que implantaram, por serem considerados deuses, assim como todos os outros grupos de viajantes espalhados pelo planeta...



 



Sobre as Vimanas




Vimana é descrito como uma esfera que se movia à grande velocidade, em todas as direções, impulsionada por um "vento poderoso" gerado por mercúrio.
No Samar, outro texto Hindu, os Vimanas são "máquinas de aço sem emendas, com uma descarga de mercúrio que saía da traseira na forma de uma forte labareda."
Curiosamente, cientistas soviéticos descobriram o que eles chamam de "antigos instrumentos de navegação para veículos cósmicos" em cavernas no Turquistão e no deserto de Gobi.
Os aparelhos são objetos esféricos de vidro ou porcelana, que terminam num cone com um pingo de mercúrio dentro.
Acredita-se que o povo Hindu voou nesses veículos por toda a Ásia, Atlântida e - aparentemente - para a América do Sul.




Fonte:
Vedic Theories of Creation - Vimanas (Traduzido e adaptado)

Gostou do que leu? Caso esteja interessado(a), em comprar o livro em e-book, envie e-mail para:
fatuquinha@gmail.com

Depois me diga qual escolheu pelo e-mail. Ainda pode fazer o depósito em loteria!