quarta-feira, 31 de agosto de 2016

DUETO: Hoje Eu Quero...






"Hoje vou cuidar de mim.
Vou esquecer as dores , as tristezas e pressões sobre mim !
Vou não sei onde, ver tudo que passa despercebido no meu dia tão corrido ... Me permitir  sorrir de mim mesma , amar as cores , deslumbrar o céu azul com pequenas nuvens brancas e no meu silêncio calar tudo que me atormenta...

Vou me aquietar.
Ouvir os pássaros.

O ruído das asas de uma borboleta, fechar os olhos e relaxar, mesmo com tanta adrenalina me agitando, e o mundo todo rodando!  
Vou sentir saudades de tudo que me fez bem e resgatar  os meus sonhos tudo que me motiva a lutar.
Vou abrir as portas do meu coração, e deixar entrar as Flores perfumando minha vida... 

Vou abrir as  janelas da alma e libertar-me!
Sentir a Paz...
Sem que ninguém  me impeça de ir além, muito além,  do que já fui capaz.
Quero mais é viver a emoção, ouvir meu coração, e viver de novo essa Paixão! 

De novo e de novo!
Hoje, apenas hoje, vou dar  asas a minha imaginação."
                         

( Maria Fernanda )


**********************


"Quero sentir que o mar começa ali e segue por toda Terra. 
Quero saber que existem ondas que rebatem nas pedras...
Quero o riso frouxo qual criança ao receber brinquedo novo! 
E poder dizer que ainda foi pouco... 
Saber que o breu dos céus representa o infinito Universo que DEUS criou. 
Também imaginar que cada estrela  que está lá, mesmo morta, brilha aqui! Mistérios da Criação! 
Saber que amar não é só sofrer... 
Amar e amar, todo momento, colocar  o choro para fora, seja de alegria ou dor, porque sempre será por amor."
                              
Fátima Abreu Fatuquinha




DIANA - CONTO SENSUAL- Reeditado- REPUBLICADO





 18 ANOS!



DIANA


As estradas eram curvas, os declives abismavam o caminho.

Mas nada disso transformava a vontade de estar lá...

Diana queria encontrar uma nova forma de viver:

Ser diferente do que toda vida foi...

Era essa sua meta agora, ser ela mesma.

Sem ter que agradar à essa ou aquela pessoa.

Os pensamentos eram meio distorcidos, com algumas lembranças do seu passado. Muita coisa ela queria esquecer. E assim, ela dirigia pela estrada, movida em suas memórias, dando força para uma nova história...

Diana ainda tinha o frescor em sua face, embora sua vida não tenha sido nada fácil, ela não criou as rugas, que muitas vezes o sofrimento acarreta.

Os cabelos com raízes brancas, ela disfarçava com uma tintura, afinal eram poucos para os seus 46 anos... Seu corpo estava bem:

Gostava de caminhar pela manhã, embora algumas vezes, fizesse isso também pela tarde. Com uma alimentação sem gorduras e com muitos legumes e verduras, algumas frutas que ela gostava, equilibrava o organismo e mantinha seu corpo dentro do peso e com boa forma.

Uma lágrima desceu, ao escutar no CD do carro, a música que adorava:
Mas, que sempre chorava ao ouvir... Incrivelmente, não guardava o nome da música, mesmo tantos anos ouvindo...

Tocava fundo em sua alma sensível, aquela melodia: Fazendo a pele toda arrepiar.

Diana era forte para muitas coisas, já para outras, era tão "derretida" quanto manteiga no fogo.

A sua maior característica, era falar muito: Até seus amigos e familiares achavam que era uma verdadeira "matraca".

Ela não achava isso, simplesmente sentia necessidade de falar tudo que lhe vinha na cabeça e comentar tudo que observava.

Quando assistia a um filme, gostava de comentar todas as coisas que lhe chamava a atenção, mas, nem todas as pessoas partilhavam do mesmo interesse...

Era uma observadora da natureza, das pessoas que transitavam pelas ruas, da vida em si.

Em alguns momentos era bem dispersa e parecia não se ligar no que estava a sua volta, era como se fosse duas pessoas em uma.
Uma mulher de princípios, como:

Caridade, honestidade, tolerância, paciência...
Ao mesmo tempo, com sua personalidade dúbia, era também sedutora, luxuriante, gostava dos prazeres da carne, muitas pessoas nem imaginavam isso, apenas algumas sabiam da sua voracidade para o amor...

No seu ciclo de amizades, sabiam que ela era uma batalhadora, uma pessoa que havia sofrido muito no passado, com família, muitos problemas de saúde e financeiros...

Apesar do sofrimento e das muitas lágrimas que derramou por anos a fio, ela era bem alegre, expansiva, comunicativa...

Estava sempre disposta a brincar com as crianças, dar um bom conselho a alguém, ajudar seu semelhante.

Assim Diana vivia, e sempre procurava ver o lado bom de cada coisa que lhe acontecia na vida, dizia sempre:

" SEMPRE EXISTE ALGO QUE SE APROVEITE, ATÉ NAS PIORES SITUAÇÕES ENCONTRAMOS ALGUMA LIÇÃO "

Diana tinha muitas amizades em todos os lugares onde já havia residido, mesmo em bairros que passava por algum motivo, sempre tinha a simpatia de alguém:

Pelo fato de ser muito comunicativa, até em filas de banco, supermercado, ela arrumava uma nova amizade.

Diana repensava a vida, a cada segundo que passava ali, dirigindo pela estrada...

Tinha arrependimento de alguns relacionamentos que tivera antes, reais e virtuais.

Pensava em recomeçar do zero absoluto.

Quem sabe nessa nova cidade, para onde seguia agora, encontraria alguém que a amasse de verdade, não apenas desejos carnais passageiros?

Tinha essa esperança dentro do coração, e mais uma lágrima caiu pelo rosto, quando lembrou o quanto já foi infeliz e que agora desejava muito encontrar a felicidade, mesmo que fossem em pequenas doses...

Sabia que ninguém no mundo é feliz em tempo integral, afinal, esse mundo é de expiações, e não foi feito para "tirar férias infinitas".

Diana tinha um lado espiritual bem aguçado, e era mesmo uma pessoa que tirava das próprias tristezas e dissabores, uma nova forma de se redimir de pecados anteriores.

Era sensitiva, e tinha sonhos que revelavam uma mensagem a ser decifrada, outras vezes, premonições...

Ainda presenciou em vários momentos, pelo decorrer dos anos, alguns fenômenos paranormais...

Quando seu lado de fêmea sedutora vinha à tona, sabia que era uma reminiscência de uma outra vida, onde possivelmente fora uma cortesã...

Aliás, outros fatores a faziam pensar assim.

Diana seguia calma e atenta ao trânsito na estrada, mesmo com tantos pensamentos e lembranças na cabeça! O feriado já se aproximava, e o número de veículos era agora bem maior que os dias de costume.

Ela encostou em um posto de gasolina, para abastecer seu carro, antes que parasse por falta de combustível.
Resolveu sair um pouco para a loja de conveniências, para comprar uma garrafinha de água mineral e um saquinho de biscoitos de polvilho que adorava.

Quando saiu do carro para fazer isso, a porta bateu em um homem que vinha na mesma direção da loja, e ela muito sem jeito, pediu desculpas, porque certamente o havia machucado.

O homem tinha mais ou menos a mesma idade dela, dava para perceber... Era muito alto, e ela se sentiu uma "formiguinha", perto dele.

Ele a olhou diretamente nos olhos e disse:

_ Deixa estar, não houve nada.

_ Mas, a porta bateu nas suas pernas... Não está doendo?

_ Nada! Imagine se isso iria machucar, não se preocupe.

Estou indo para a loja ali, você também?

_ Sim, vou comprar umas coisas.

_ Então vamos andando, assim te conheço um pouquinho...

_ Ah, sim, está bem, vamos...

Diana não sabia ainda, mas estava diante do amor de sua vida.

************************************************

Diana e o homem que acabara de conhecer dirigiram-se para a loja do posto de gasolina, e adentraram o recinto em uma conversa bem animada, falavam sobre banalidades do dia a dia...

Diana era muito faladeira, mal parava para respirar, e já engrenava em outro assunto. Ficou sabendo que o nome dele era Fernando, e por coincidência, ele também estava se dirigindo para a mesma cidade que ela:

Só que a trabalho, tinha sido transferido da capital para lá.
Diana observou melhor o homem, e reparou como era atraente, másculo, bem diferente desses metro sexuais que existem hoje em dia espalhados por aí, que raspam os pelos do corpo.

Ele não, era visivelmente bem viril!

Conversaram mais um pouco, enquanto Diana chupava um sorvete de coco, que era o seu preferido.

Ela não sabia, mas, o estava excitando, dando aquelas lambidas no sorvete, movendo a língua em golpes para lá e para cá...

Foi quando ele chegou mais perto, quase sentia-se a respiração, e perguntou para Diana:

_ Quanto tempo vai ficar por lá?

Ela respondeu com um olhar distante, fixo em um ponto, como se estivesse em um transe:

_ O tempo que for necessário para a minha felicidade...

Fernando não entendeu bem a resposta:

De que felicidade ela se referia? Decidiu não perguntar, afinal, mulheres tem dessas coisas, são misteriosas às vezes...

Observando a mão de Diana, notou que não havia aliança, e aí sim, resolveu arriscar:

_ Não é casada, não tem aliança... Ou é, e não usa?

_ Sou viúva, por esse motivo não uso, estou "solteirinha da Silva".

Nesse momento, ele olhou para o decote bem ousado que ela usava, e reparou nos seios fartos que ela tinha. Diana percebeu o olhar guloso de Fernando mas fingiu não ter notado...

Sua mente rapidamente fantasiou alguma coisa a respeito, mas, de uma 'balançada' na cabeça, se fez pensar em outra coisa, porque se assim continuasse, certamente ficaria excitada...

Ela era dessas mulheres bem quentes, que ficam excitadas facilmente, e quando percebia estava com a calcinha úmida.

SEMPRE ACONTECIA COM DIANA!

Fernando olhando bem nos olhos de Diana, pediu o número do celular dela e também deu o seu. Queria que retomassem o contato, e pudessem marcar alguma coisa para fazerem juntos, como um cinema e depois um jantar informal. Quem sabe, simplesmente saírem para conhecer os pontos turísticos da pequena cidade que iriam morar...

Com esses argumentos, ela então pegou um guardanapo de papel anotou o número, e em seguida, deu um beijo marcando com seu batom. Entregou à Fernando dizendo:

_ Seria fácil apenas anotar o número no seu celular... Mas, prefiro à moda antiga, deixando a minha marca para você, tome...

Ele pegou o guardanapo de papel e levou ao bolso da jaqueta que vestia, dizendo em resposta:

_ Gostei disso, assim, toda vez que pegar no guardanapo, lembrarei desses seus lindos lábios.

Diana nada falou, apenas dirigiu-se ao caixa para pagar o sorvete, e as outras coisinhas que havia comprado, quando ele passou a mão pelo seu ombro e disse:

_ É por minha conta.

_ Acabei de te conhecer, não precisa fazer isso.

_ Você que pensa que acabamos de nos conhecer, para mim, já somos íntimos há tempos...

*********************************************************************

Havia passado uma semana desde que Diana conhecera Fernando.
Ele ainda não havia ligado, deveria estar bem ocupado, se estabelecendo na nova cidade, pensava Diana...

Ela mesma, ainda acabava de arrumar a casinha que havia alugado bem no centro da cidadezinha, perto da praça principal. Lá podia ver o movimento de ir e vir das pessoas, isso a fazia se sentir bem viva!

Diana já tinha seus planos elaborados na cabeça:

Abriria seu negócio com o passar do tempo, por hora, pediria um empréstimo no banco, para poder comprar os produtos que iria revender...

No começo, seria em reuniões nas casas das clientes. Depois, conforme entrasse lucro real, ela alugaria uma loja bem ali no centro mesmo, pertinho de sua casa...

O sonho de ter seu próprio SEX SHOP, seria então realizado. Faria palestras nessas reuniões, divulgando os produtos, seu uso adequado, a higiene, e daria dicas também:

De como as clientes poderiam fazer para agradar seus parceiros, e tirar uma relação desgastada da rotina.

Disso Diana sabia bem, ela seria certamente a pessoa mais indicada para falar de mulher para mulher.
Uma vez, pensou até em fazer um programa de rádio, sobre o tema da sexualidade, sedução, do sexo de maneira geral...

Faltou oportunidade para isso. Quando estava pensando sobre o assunto, se pegou lembrando de Fernando quase que instantaneamente.

Diana tinha ficado louca de vontade de tê-lo em sua cama.

Entretanto, não daria o primeiro passo: Ele teria de procurá-la, afinal, foi quem pediu o número do celular, então ele que ligasse!

Diana não aguentou o calor que passava pelo seu corpo, liberando o desejo que tomava conta de si...

Decidiu que na manhã seguinte, iria ao banco tomar as providências para o seu empréstimo, para se ocupar logo com alguma coisa, do contrário, só pensaria em Fernando e no sexo que gostaria de fazer com ele...

Assim, levantou-se cedo, tomou seu café e foi para o banco.
Lá chegando, não acreditava em que seus olhos viam: Fernando!

Era para lá que havia sido transferido, muita coincidência mesmo.

Logo que ele a viu, foi em sua direção para cumprimentá-la, com um sorriso bem largo nos lábios.
Diana achou aquele sorriso, o mais lindo que já havia visto em alguém!

Ele deu um beijo no rosto dela e Diana retribuiu. Disse então, para satisfazer a curiosidade:

_ O que uma mulher tão linda, veio fazer aqui?

_ Bem, o "linda" é por sua conta, mas, vim até aqui pedir um empréstimo ao banco, para abrir meu negócio. Quero me ocupar com uma coisa de que gosto. E também ter uma renda extra, além da minha pensão.

_ Sim, claro! Venha até a minha mesa, trataremos disso e de outras coisas também...

Diana o seguiu até a mesa, e sentou-se enquanto ele trazia um copinho de café para ambos.

_ Bem, vamos ao que veio: Que tipo de negócio quer abrir e de quanto precisa mais ou menos?

_ Vou abrir um SEX SHOP, no inicio, informalmente, fazendo minha freguesia aos poucos. Depois, em uma loja, aqui no centro da cidade. Precisaria de uns dois mil para começar.

_ Tem coragem? Um SEX SHOP, aqui? É uma cidade pequena Diana, poderia ficar mal vista! Tem gente preconceituosa e puritana, nesses lugares pequenos...

_ Não ligo para isso, quem quiser gostar de mim, que seja do jeito que sou. Só entrará na loja, quem realmente estiver interessado...

_ É realmente uma guerreira! Além de linda, como disse antes. Mas, que seja! Te concedo os dois mil, e só assinar os documentos que vou imprimir, depois de você dar seus dados para o cadastro.

_ Ok, agradeço muito Fernando.

_ Não agradeça, faz parte do meu trabalho. Gostaria sim, de ter um tempinho para poder te conhecer melhor, vamos combinar no fim de semana?

_ Sim, claro! Para mim está ótimo. Pode ser no sábado, que acha?

_ Muito bem, feito então! No sábado eu vou te pegar em casa. Copiarei o endereço do cadastro e vou bater lá...

_ Sim, qualquer dúvida me liga. Você ainda tem o número não tem?

_ Evidente querida Diana! Só não liguei antes, por pura falta de tempo mesmo. Ainda estou cuidando das coisas, colocando tudo nos lugares, na casa que o banco alugou para mim.

_ Sei como é, eu também acabei de arrumar tudo ontem.

_ Não pude deixar de notar que você adora decotes ousados, Diana.

_ É gosto sim... Valoriza o colo.

_ Isso! Você fica linda com esses decotes. Imagino como seria dentro deles...

_ Hummm, assim você me deixa...

_ Louca? Então é como estou: Louco de vontade de ter você, desde que te conheci lá no posto de gasolina.

_ Ah, era tudo que eu queria ouvir de você!

_ Mesmo? Que bom então... Teremos um ao outro, quem sabe, no sábado mesmo? Vamos deixar as coisas acontecerem...

_ Sim, isso mesmo, deixar rolar...

Diana assinou os papéis, deu um beijo suave em Fernando, virou-se e saiu do banco com o sangue quente:

Quanto ainda teria que esperar até sábado?

*********************************

Diana e Fernando chegaram à chácara, que era verdadeiramente encantadora, bem ao gosto de Diana:
Com muito verde, ar puro, cascatas, doces tradicionais como de mamão verde com coco, doce de leite caseiro, além de compotas deliciosas de goiaba.
Os doces estavam expostos em prateleiras da lojinha da chácara, tudo bem artesanal, cobertos com paninhos xadrez e atados com fitas.

Até o café, era torrado e moído na hora! O aroma embriagava Diana, que era realmente doida por café! Havia também um alambique para quem gostasse de beber. Com direito à carne seca com mandioca frita, para acompanhar a "caninha".

Nada escapava aos olhos observadores de Diana, que estava encantada com o lugar escolhido por Fernando.

Dirigiram-se à recepção, para pegar a chave do chalé que já estava reservado.

Ao entrar, Fernando fez questão de por Diana no colo, como um noivo em lua de mel. Dessa forma, ele acabara por conquistá-la de vez.

Fernando fez uma pergunta, assim que a colocou no chão novamente:

_ Quer tomar o banho mais inesquecível da sua vida, Diana?

_ Sim, cavalheiro. Como seria esse banho diferente?

Retiraram a roupa um do outro, e foram ao banho, em uma banheira já cheia de sais, com muita espuma.

Ficaram ali, um acariciando o outro, e Fernando lavava os cabelos cor de chocolate de Diana, como se cuidasse de uma criança...

Ela nunca tinha tido em toda a sua vida, tanta "devoção" de um homem:

Nem do falecido marido, nem dos homens que teve depois dele...

Realmente estava se sentindo valorizada por ele. Isso a deixava feliz, com tal atitude.

Tentava retribuir tanta atenção e carinho da mesma forma. Eles estavam se sentindo, como dois adolescentes que acabavam de descobrir o amor.

Depois desse "banho de carinho", colocaram o roupão e foram para a varandinha, saborear os quitutes feitos no fogo à lenha, em panelas de barro.

Comida tipicamente caseira, do jeito informal que tanto Diana gosta: Porque "frescuras" de cardápios que não se sabe nem traduzir o que é, nunca foi o seu forte...

Comiam conversando animados, e de vez em quando, ele lhe dava uma garfada na boca. Diana retribuía, colocando colheradas de doce em compota na boca dele...

A sintonia era surpreendente! Quem visse, diria que era coisa de novelas.

De mãos entrelaçadas, se fitaram por instantes, como se estivessem a sondar um, a alma do outro...

Não sabiam antes, mas, eram almas gêmeas, que finalmente se encontravam nessa existência...

Fernando sugeriu então, como que para "quebrar" o entorpecimento que se encontrava:

_ Diana, querida, vamos dar um passeio de charrete?

_ Mas, é para já! Adoro esses passeios! A última vez que fiz algo assim, foi em Petrópolis, tem tanto tempo, que já nem sei quanto!

_ Então vamos nos vestir e sair, para aproveitar essa nossa lua de mel improvisada.

Ela, com um sorriso respondeu:

_ Sim cavalheiro, vamos...

O passeio foi realmente adorável, por toda a extensão da chácara, e também pelo leito do rio. Ali, pediram para o condutor parar, para que observassem a paisagem local.

Diana jogava pedrinhas no rio, para formar pequenas ondas e Fernando acabara de descobrir mais um lado de Diana: O de menina.

Ficaram por uns 15 minutos, até retomarem o passeio e voltar para a sede.

Ao entrar de novo no chalé, uma surpresa:

A cama estava coberta de rosas vermelhas, um odor de incenso de almíscar selvagem estava no ar. E ao lado da cama, havia uma mesinha com um vinho tinto suave, gelado, e duas taças os aguardava.

Fernando então perguntou:

_ Gostou? Pedi tudo para você... Acertei na essência?

_ Nossa! Não sei o que dizer, está tudo como um dia imaginei que seria o meu encontro perfeito! Adoro vinho, rosas, almíscar! Parece que leu a minha mente...

_ Diana eu sei seus gostos, não pelo que você já me disse, mas, porque sinto isso.

_ Ah, Fernando você em tão pouco tempo, está me fazendo a mulher mais feliz desse mundo!

_ O mesmo para mim... Agora vem, quero beijá-la todinha!

Dizendo isso, colocou-a sobre a cama, e despiu-a muito devagar:

Tirando as peças de roupa uma a uma, com beijos intercalados...


Diana segurava os cabelos de Fernando, mordia suavemente seu pescoço, arranhava suas costas com as pontas das unhas, só para excitar, não para ferir...
Despido também, deitou-se sobre o corpo de Diana, e a beijava desde os cabelos até a ponta dos dedos dos pés.
Ali, sugava os dedinhos, mordiscava o calcanhar, subia até os joelhos dela e beijava, subia mais, e já estava à beira da  'gruta' desnuda, com beijos que passaram para lambidinhas sutis.
Diana gemia baixinho no começo, mas os gemidos foram ficando mais fortes, à medida que sua respiração também ficava ofegante...
Ela segurava a cabeça dele entre suas coxas, puxando os cabelos, pedindo:

_ Quero, quero...Fernando...

Ele aumentou a intensidade, fazendo círculos, como ela instruía, sempre do jeito que ela pedisse.
Com um gemido, todo seu corpo tremeu...
Ela puxou Fernando para cima de si, e disse com a voz mais ofegante ainda:

_ Agora vem! Sou toda tua, faz o que quiser de mim...

Ele viu aqueles olhos brilharem de uma forma mais intensa, quase que pedindo mesmo.

_ Não precisa nem pedir, eu já estou aqui para te servir, querida. Eu sou o teu escravo de corpo e alma...

Ela jamais acreditaria se alguém lhe dissesse que um dia ouviria tais palavras de um homem, porque durante todos esses anos, teve apenas uma certeza:
Os homens sempre mentiam quando era para levar uma mulher para a cama, e quando isso acontecia, muitas vezes eram brutos, se satisfaziam, e depois a relação se transformava apenas em troca de prazeres carnais...
Mas, Fernando parecia mesmo estar sendo sincero, aliás, era isso que ela mais desejava:
Que fosse real tudo aquilo!

Diana o agarrou, fincando a boca no ombro dele, lambendo suas axilas, circulando o peito dele com a língua... Eles se consumiam no corpo um do outro.
Mas o que mais excitava aquela mulher, Fernando descobriu minutos depois:
Ela gostava de fantasias durante o ato sexual, como que ele fingisse que a estava forçando fazer sexo, na frente de outros homens...
Aí a sintonia foi total, porque ele também gostava disso! Dessa forma, ela apertava os próprios seios provocando o desejo dele...
Fizeram amor desvairadamente...
Depois, deitaram-se lado a lado de "conchinha", dessa forma, ele poderia ficar beijando a nuca e as costas de Diana.
Apenas um pensamento corria pela cabeça dos apaixonados:
Se era sonho, que nunca acordassem!



Fernando e Diana passaram um dia maravilhoso ali, resolveram ficar também no domingo.
Pela noite, foram para o lado de fora, estenderam uma colcha na grama bem aparadinha.
Colocaram travesseiros e se deitaram ali.
Queriam aproveitar e observar o céu totalmente estrelado, coisa que só em regiões interioranas ou de litoral se consegue, pois nos grandes centros urbanos, a poluição praticamente não deixa que isso se passe...

Abraçados estavam, e ela com a cabeça sobre o peito dele, deixaram o romantismo tomar seu rumo, e as palavras doces e cobertas de carinho fluíam...
Aliás, nada lembrava a tarde de sexo coberto de volúpia...

Diana estava imensamente feliz, embora pensativa: Não queria se decepcionar outra vez na vida.
E nesse instante, resolveu abrir seu coração para Fernando:

_ Sabe Fernando, queria que você fosse sincero comigo nesse momento: Somos adultos de mais de 40 anos, e não podemos nos fazer sofrer, se esse romance não for continuar...
Quero que me diga: Você será o mesmo de amanhã em diante, ou fui apenas um passatempo de fim de semana? Se for isso, diga, porque assim coloco um fim nos sentimentos. Bloqueio a partir de amanhã, qualquer lembrança do acontecido, para não sofrer por amor...

_ Diana, achei que você tinha percebido o quanto estou apaixonado! Meu amor, não será de apenas um fim de semana que passando juntos: Porque na verdade, quero viver o resto dos meus dias, com você... Aceita?

_ Isso é um pedido para morarmos juntos?

_ É um pedido de casamento!

_ Nossa! Não pensei que quisesse casar, um homem solteiro como você, resolver se casar assim...

_ Diana! Sou um homem que esperou a vida inteira para ter a mulher certa, e essa, é você!

_ Fernando, estou muito feliz... Aceito sim, meu amor...

_ Que maravilha, querida! Amanhã, quando voltarmos, preparamos os papéis necessários, para dar entrada o mais rápido possível.

_ Sim, está bem. Vou te amar sempre, como nunca foi amado antes, por nenhuma outra.

_ Sei disso Diana, já me demonstrou...


Diana deu um beijo bem provocante, que começou pelo canto dos lábios e depois puxava o lábio superior para frente, como se quisesse arrancar de Fernando um pedacinho...

Lambia a língua de Fernando e a sugava também, ele ficou louco com aquele beijo diferente, e não demorou muito já estava excitado.
Diana disse, olhando para o volume que aparecia na bermuda que ele vestia:

_ Amor meu, já está preparadinho de novo, quer mais um pouco dessa mulher aqui, quer?

_ E como não iria querer? Estou diante da mulher mais sensual que já vi até hoje!

_ Vem então amor, vamos lá para dentro, aqui começa a esfriar muito, e quero você bem quente...


Dizendo isso, Diana o puxou pelo braço e foram correndo como duas crianças brincando de pega pega, para dentro do chalé...
Diana colocou um CD que era de músicas bem próprias para momentos íntimos, e começou a dançar lentamente na frente de Fernando, tirando peça por peça de roupa, sensualmente...

Ele colocou o vinho nas taças e serviram-se, Diana empurrou-o devagar para cima da cama, jogando o vinho restante, em cima dele. Em seguida, sorvia do vinho na pele quente e arrepiada.
Fernando ao sentir aquela mulher lambendo seu corpo todo, estava completamente pronto:
Segurou Diana pela cintura, e a colocou por cima dele, para que dessa vez, ela tomasse conta dos movimentos.


As palavras eram bem provocantes... Nesses momentos, todas as coisas que em sociedade devemos não falar, dizemos com a volúpia do momento...

Assim, Diana teve o primeiro orgasmo, cravando as unhas nos ombros de Fernando. Dessa vez, a força foi tanta, que ela quase o machucou de verdade...

Ele agora estava por cima, segurando suas mãos, como se a fosse prender.
Diana já entendia a fantasia...
Ela então disse, entrando no clima:

_ Você me prendeu aqui na sua casa, seu bandido!

_ Calma moça, vou só te dar prazer, isso é alguma coisa má? Sei que a moça gosta, me disseram que você é muito boa de cama...

Com a fantasia tomando conta dos dois, eles chegaram ao clímax.

_ O teu prazer, é o meu maior prazer!

Diana disse gemendo, entre seus braços.

Ela pegou o vinho que ainda tinha na taça dele (porque ele nem havia tomado tudo), colocou na boca e o beijou, passando da sua, para a dele...

Para Fernando, Diana era uma surpresa a cada momento.
Sim, estava decidido a partilhar com aquela mulher, o resto de seus dias...

FIM

Fátima Abreu


NOTA: Diana é uma das minhas personagens do livro: A TRILOGIA DO 'CÍRCULO', meu romance erótico/policial, que vc leitor, pode comprar em e-book diretamente comigo. Basta depositar 10 reais na minha conta que darei os detalhes, enviando um e-mail para mim. 
O arquivo irá pelo e-mail fornecido.
Pedidos:
fatuquinha@gmail.com



segunda-feira, 29 de agosto de 2016

DEUSA CAÍDA

DEUSA CAÍDA

CAÍDA, QUASE DESFALECIDA...
NO PRANTO SE DESFEZ:
CALOU A VOZ.
JOGOU-SE AO CHÃO
DEUSA ESQUECIDA.
SEU ENCANTO ACABARA...
GREGOS E TROIANOS NÃO A QUEREM MAIS!
QUE SEJA APENAS MERA LEMBRANÇA CLÁSSICA...
DE TEMPOS QUE FILOSOFIA E ARTE, FAZIAM NO COTIDIANO GREGO, SUA GRANDE PARTE...
Fátima Fatuquinha Abreu





IMAGEM DE: 
ANDREW BRADY

O AMOR CURA... Republico

REPUBLICANDO (ACONTECEU 3 ANOS ATRÁS)


Vendo um programa na TV, onde retratava o 'corre corre' da vida no aeroporto, as "Chegadas e Partidas", me emocionei com o depoimento de uma família,
( existem poucas, diga-se de passagem, como esta ) sobre o cuidado que tiveram durante 3 meses com uma senhora que não era sua parente, aliás, nem a conheciam antes!
Mas, com muito amor e atenção, cuidaram dela sem lhe deixar faltar nada...

O chefe da família, o pai, motorista aposentado, emocionou-se muito com a situação da senhora ( que por sinal, tinha a mesma idade que ele, mas devido a doença parecia ser sua mãe ) e acolheu no seio de sua família, sem nada mais pensar, apenas e somente, em ajudar ao próximo.
Como sou emotiva ao extremo, ao final da entrevista dada à Astrid Fontenelle, eu já estava com os olhos marejados e minha filha, veio me abraçou e disse:
_ Ah, mãe como você é sensível! Se emociona até com programas da TV...

Ao que eu respondi:
_ Minha filha, eu me emociono porque sei com esse exemplo de caridade cristã, que ainda tem gente de coração muito bom por aí, e isso me conforta: saber que nem tudo está perdido nesse mundo individualista, onde cada um só sabe pensar em seus interesses... Essa família provou sim, que se pode ser caridoso e abrigar mesmo aqueles que não se conhece: porque é muito fácil você ajudar um amigo conhecido, agora, uma completa 'estranha' como era essa senhora, é difícil alguém querer abrir sua casa para receber...

Ela me abraçou mais uma vez, deu um beijinho na minha testa e voltou para o pc, para conversar as banalidades de adolescentes...
Eu fiquei ali parada, olhando para o controle remoto na minha mão, depois desliguei a TV, e voltei aos meus afazeres.
Pela manhã, resolvi escrever esse artigo que fecho com poesia, contando o caso em detalhes, com palavras sentidas pelo meu coração:


O Amor Cura!


Ela não conhecia aquela moça,
Que estava em sua frente.
Sem ter para onde ir, acabara de sofrer 2 cerebrais acidentes:
E estava com um aneurisma também...
Perdera o controle de sua vida,
Precisava da ajuda de alguém...

A cadeira de rodas, agora era sua companheira.
A moça simples, mais faceira,
A olhava com dó...
Teria que fazer algo por ela,
Afinal, era como se fosse agora, sua avó...

Resolveu a levar dali,
Para casa, junto de sua família...
Seria cuidada com amor e atenção
Disso, ela sabia...

Ao chegar em casa, a moça apresentou a senhora aos familiares.
Os pais dela, acolheram a doente, sem nada questionar.
Bastava saber, que nada iria lhe faltar...

Foi se recuperando rapidamente, cercada de carinho.
Contrariando a quem achava que não tinha jeito,
Ela já falava de mansinho...

Ao final de 3 meses, ela já era outra,
Diferente da senhora adoentada, que na casa chegara...
Entraram em contato com sua filha em Rondônia,
Acertaram que ela voltaria para seu estado de origem.
Bastava conseguir levá-la de avião.
Coisa que o pai da família conseguiu então...

Parcelou as passagens de ida,
Mas voltaria de transporte rodoviário,
Deus o agraciou, e sem notar
Uma passagem aérea, de volta conseguiu arranjar...

A família toda foi ao aeroporto se despedir, daquela senhora
Tornara-se a 'vovó emprestada'
De netas, que agora choravam
Com a partida dela, emocionadas...

Mas deixou claro que acompanhava a 'vovó'
Para saber se cuidariam bem dela
Não poderia perder,
Tudo aquilo que sua boa família,
Conseguira em apenas 3 meses, fazer...

Existe muito de Deus em tudo isso!
Mas inegável de sinalizar,
Que sem o contato e acolhida dessa caridosa família,
Nada ela teria, de esperança, nessa vida...

FÁTIMA ABREU

MENINO, MENINA & A MADRUGADA

(DUETO COM NANDINHA)

Fátima Abreu: 
O amor surge em meio a madrugada...
Rompantes de uma possível. Paixão, que sabe, desenfreada?
Ah, esperança que se renova, com sabor de luar enamorado
Qual Lua pelo Sol!
Menina arranca a roupa, que estava.
Menino caminha de um lado a outro,  dizendo-se apaixonado...
Menino e menina, não dormem, e os pijamas ficam de lado.

Maria Fernanda: 
Menino e menina confusos, com esse sentimento urgente...
O pijama do lado, anuncia que o luar brilha consolado...
Mas, naquele momento esperado, não estão apaixonados!
Tampouco enamorados: Foi resultado de um assunto meio enrolado...
Já é madrugada quando a menina toda envergonhada, deposita um beijo ardente...

Fátima Abreu: 
Um beijo ardente sela a emoção do momento:
Será dele, o coração dela?
Será que as possibilidades não são poucas?
Ah, esses momentos do inesperado, são impagáveis!
A cama que espera...
E a moça sem pijama, falando, afoita na janela!
Ao mesmo tempo que olha a lua lá fora...
O menino desencontrado,  lá longe, confia que dará certo:
Quem sabe uma linda paixão se anuncia?
Foi uma madrugada de pura magia...



O "BICHO HOMEM"- REPUBLICO



O BICHO HOMEM

O 'bicho homem' sai à caça:
serve qualquer uma, que lhe passa...
se tiver virgindade, é melhor:
gosta de se mostrar desbravador
e ser o primeiro, a provar do sabor...
Mas o 'bicho homem' é muito falso:
hoje, diz que você é linda!
amanhã, isso serve para outra menina...
ele lança a rede,
quem cair, é peixe...
E nessas redes, muitas se enganam!
olha menina, no 'bicho homem',
não se confia!
segue um conselho, amiga que me lê:
só pela certeza do amor, se dê...

Sexo por sexo é instinto...
amor com sexo, é mais que isso:
é entrega total,
de dois amantes, da forma mais natural...

O 'bicho homem' se alimenta quase sempre da mentira,
mas de vez em quando, ele realmente se apaixona:
dessas poucas vezes, ele vem, fica e não te abandona...
Conheço os homens, tenho um dom raro.
percebo desde o mais sincero, até o mais safado...

Esse então, não caia nas redes, não!

Chega-se, diz que te ama ( na cama )...
e no dia seguinte, está na internet ou na rua,
procurando outra, para fazer a mesma coisa...
não se iludam, meninas!
o bicho homem tem que ser bem analisado:
desde os olhos, até a forma que faz amor...
se não demonstrar pelo menos carinho, saia fora:
é só um aproveitador!

Fátima Abreu

Publicado no site: O Melhor da Web em 29/04/2010

domingo, 28 de agosto de 2016

A VIDA É UM MILAGRE? ! DINÂMICA DO FDS

A FRASE QUE EU OUVI NA RÁDIO (SUL AMÉRICA PARADISO FM, RJ) ESSA SEMANA QUE PASSOU, E QUE POR "ACASO",
(SERÁ QUE AINDA ACREDITAM NISSO?) O AMIGO DENY COLOCOU NOS GRUPOS DE WHATTSAPP QUE ESTAMOS EM COMUM, DEU ORIGEM À NOSSA DINÂMICA DO FINAL DE SEMANA:

 "Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é pensar que tudo é um milagre"






SUGERI QUE CADA UM COMENTASSE SUA INTERPRETAÇÃO, E OS POETAS COMO EU, QUE FIZESSEM TAMBÉM SUA PARTE, FOSSE EM PROSA OU VERSO.
AQUI VAI O RESULTADO DA DINÂMICA SOBRE MILAGRES:



Sim, a vida é um milagre! 
Quantos não chegam a nascer, e quantos não tem a chance de também sobreviver !
Quantos estiveram à beira da morte, e hoje sorriem...
Também, quantos podem agradecer por respirar, quando amanhece o dia...
Sim, a vida é um milagre, caso não fosse, por que Deus nos teria criado?
Somos um milagre do Pai Supremo!
Pena que nem todos podem entender que a vida cada dia, é um milagre renovado...
E poder juntar as mãos e agradecer por ainda estar nesse mundo, podendo dizer:
Eu vivo, estou aqui!

Fatuquinha


********

Abrir meus olhos e ver o sol nascer, é um Milagre.
Pássaros cantando, café na mesa e um dia pela frente é um Milagre.
Meu cachorro latindo, portão que não funciona, meus vizinhos reclamando se está frio ou calor, é um Milagre! !
Os colegas de sala com seus murmúrios, minha chefe me cobrando, almoço apressado, e a tarde que vem chegando com seu encanto, é um Milagre!
... Em casa da minha janela vendo o sol aos poucos se esconder, é um Milagre!
Chinelos de pano, pijama surrado, corpo cansado, mente fervilhando e tantas coisas para agradecer, é um Milagre!
Jantar na mesa, ração para o cachorro, os pássaros se despedindo, é um Milagre!
Minha cama cheirosa, meus joelhos dobrados, é um Milagre!
Sou guerreira.
Sou perfeita.
Sou valente, sou o Milagre de Deus.
Mas, o Milagre da vida, consiste em NÃO saber o dia que vou partir!

Maria Fernanda


********


( UM MILAGRE PESSOAL)

PARA MIM, MILAGRE DA VIDA ...
É poder dá a luz a um filho e logo morrer e após três dias,
Deus me dá uma nova chance de poder voltar a viver!
Sim, para que eu pudesse criar o meu filho; porque Ele como onisciente sabia tudo o que ele passaria aqui, e que sem a minha presença, sofreria muito mais.
PARA MIM, MILAGRE DA VIDA...
É  sofrer as mais horríveis dores de parto, e logo após toda agonia, olhar no rostinho lindo do bebê, e sorrir com a mais pura naturalidade de tanta felicidade e dizer :
" Filho eu te amo, e por isso, valeu a pena  todo o meu sofrimento. "    

Eliza Silva


Milagre é poder despertar e poder enxergar toda beleza esculpida pelas mãos poderosas do grandioso Deus. É poder ter do meu lado pessoas tão maravilhosas e fantásticas como vocês.
Milagre é poder amanhecer, entardecer e anoitecer com o coração puro e poder dizer:
Eu te amo para cada um de vocês, com toda veracidade do nosso íntimo.
É poder falar de todo coração, ter a sua amizade para mim é um presente de Deus.


Eliza Silva






Agora de Eliza para mim:
[14:41, 28/8/2016] Eliza:

MILAGRE... É poder ter na vida uma pessoa tão maravilhosa e tão simples como amiga.
MILAGRE... É poder acordar, olhar as mensagens e em meios a tantas outras, encontrar o teu voto de bom, boa tarde e boa noite.
MILAGRE MESMO... É poder saber que você mediante a tantos vendavais, continua aí firme e forte, graças a Deus.
Milagre foi Deus ter unido as nossas vidas, para juntas compartilharmos momentos tão agradáveis juntamente com os nossos outros amigos.
Peço a Deus que você continue sendo esse milagre.
Enfim, "VOCÊ É UM MILAGRE POR COMPLETO.                       
Eu, ELIZA SILVA



********


O milagre da vida é despertar todas os días, e saber que Deus te ama! Você é especial, que é único, e que o  amor que  ELE sente por você é insuperável....
O milagre da vida é saber que todo día temos que superar dificuldades, mas, o nosso Deus já tem solução pra cada problema que se levanta contra nós!
Milagre é ter pessoas especiais ao nosso lado, anjos que Deus nos presenteou: Amigos irmãos!
Que compartilham nosso día a día, nossas alegrias e nossas penas... E que nos dão ânimo, também nos ajudam a prosseguir!
 
Patrícia Herpich


********


 A vida é um milagre, que se renova todo dia
Em cada amanhecer.
Em cada nascer do sol!
A vida é o milagre presente,  em todas as coisas da natureza.
A vida é milagre no choro do recém nascido.
Na Primavera.
Em cada árvore florida.
Em cada fruto.
Nas águas que correm...
Nas chuvas!
Ai está o milagre da vida.
O milagre da vida se faz presente, até mesmo na morte:
Uns se vão deixando saudades,
Enquanto outros, chegam...
O milagre da vida, está presente em você.
Esta presente em todos nós.

Delonir Cavalheiro


********


Milagre

É pode acordar, é pode ver o dia lá fora, como é belo é lindo!
É pode ter sua família do seu lado todos os dias.
É pode ter tudo que vc tem.
É pode ter acreditar nos seus sonhos. E acreditar no que é capaz de fazer !
É pode respirar esse ar puro, e pode ter a presença de Deus sempre em nossa vida!
Porque sem ela, ( essa presença) a gente não é nada!
Então, milagre pra mim, é isso: Muito mais!
Eu já sou o milagre...

Naijan Barros


********


A vida é um milagre porque ela foi dada de graça para nós, mediante sacrifício feito por nosso Senhor Jesus Cristo.
Nos não a merecíamos a medida que nos afastamos do Pai... Mas, ainda assim, Ele nos deu a vida, nosso bem mais precioso.
Tudo é milagre: Acordar, respirar, se locomover, tocar, poder desfrutar de todos os sentidos.
Não existe milagre maior, do que a vida.
Especialmente, quando esta gera outra vida, e assim vamos transmitindo o legado divino, provando que todos nos somos milagres de Deus, e a prova viva da sua Existência.

Lilian Furtado


********

Frann Pereira, resume pelo whatsapp, com poucas palavras, mas, significativas:

[13:10, 28/8/2016] Frann: Milagre é acordar todos os dias e me ver vivinha  junto com todos os que amo....                        
[13:10, 28/8/2016] Frann: Milagre é me ver magra!                        
[13:11, 28/8/2016] Frann: A vida é um milagre!

********


O dom da vida:
O maior dom da vida está em não saber porque vivemos, e mesmo assim vivemos!
Uma pergunta nunca respondida antes...A filosofia gira em torno disso:
Tentar explicar desde Thales de Mileto,  e se tenta até hoje! É uma incógnita...
Enfim a vida é uma surpresa, cada amanhecer traz consigo a chance de um recomeço e novas oportunidades de vencer.
A vida de cada de um nós, só tem sentido se fizermos a diferença no meio em que vivemos:
Se a dedicarmos a outras vidas... Enfim, embora desconhecido seu sentido, podemos dar valor em cada escolha que fazemos, viver é poder olhar ao redor, e ver que sua vida é querida por essas pessoas!
Viva e deixe viver. Lute pela vida.



Tayllanderson

sábado, 27 de agosto de 2016

DOIDOS X DOÍDOS *



 *NA DÚVIDA, MELHOR NÃO ACENTUAR...



DUETO

Somos doidos doídos, pelas desventuras da vida.
Eu, você, nós!
Doidos! Por mostrar quem somos,  por não temer o dia seguinte, por deixar acontecer, simplesmente!
Doidos, por remar contra a maré, por falar mesmo que não se tenha resposta...
Por amar, e saber que podemos sofrer com isso...
Doídos! Pelas injustiças, pela língua que calunia, pela perda, pela distopia...
Pela mão que ataca sem se perceber.
E pelo medo de um dia, com tudo remoído, a razão se perder...
Assim doidos e doídos se misturam.
E no cotidiano, se espremem na aventura de viver:
Em cada vez que se abre os olhos, ao amanhecer.

Fátima Abreu Fatuquinha                      



Doidos e doídos, pelos risos fora de hora ...
Pelas noites mal dormidas por alegria, euforia, ou mesmo pela tal da adrenalina que foi o dia.
Doídos sim todos somos, mas o doido que teima em lutar, falar e mostrar que é possível nessa mistura sermos melhores, a justiça trazemos na vontade limitada pela tal sociedade ...
Nem doidos nem doídos somos aprendizes, talvez os mais felizes que aqueles que escondem a mesma vontade!
Somos ousados, muitas vezes abusados e não compreendido, enfim nem nem doido nem doído!

Maria Fernanda

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

LUA & SOL= ECLIPSE





DUETO DE DELONIR CAVALHEIRO & FÁTIMA ABREU

Sou a brisa no fim da tarde
Sou sol descambando no Horizonte
O vermelho que colore as nuvens
Quando se esconde por trás dos montes

(DC)

⁠⁠⁠Faço dos montes, minha morada, e das nuvens uma escada.
O sol se esconde de mansinho, para dar lugar ao breu noturno...
Sim, a noite chega, e encobre o que antes eras tu:
Sol, que se diz rei... nobre!

(FA)


A lua fria e gélida
Irradia inspiração
A foice corta carne
O amor se faz canção

(DC)


E a lua que irradia poesia, se encanta, dos amantes logo abaixo:
Em beijos e rompantes de paixão!
Lua & Sol, amantes também, fazendo um eclipse total, quando se tem...

(FA)






O Leão, a Carne e a Fêmea - dueto com Delonir Cavalheiro

O Leão, a Carne e a Fêmea

Coma leão, a carne exposta a tua frente...
Não morda com complacência.  Use da selvageria natural, do animal que é...
Depois se farta da fêmea, que é a tua felina companheira...

(FA) Fatuquinha


Jamais antes domado!
Fera selvagem.
Prova da carne crua...
Depois... dá o reparte
A fêmea que espera nua

(DC) Delonir Cavalheiro 


A fêmea não tem nenhuma escapatória,
pois diante de macho tão viril
ela se encolhe toda,
e se torna servil...

Fatuquinha


Da servidão na alcova
Embriagados de amor
O coito aconteceu:
E espada que corta a flor' 
O leão urra seu amor!


Espada e flor,
canções de amor que se fazem juntas...
uma se abre,
a outra ataca...

(FA)

Entre suspiros e gemidos,
O leão ataca,
Ora é atacado...
Urros e suspiros
E o leão
Agora jaz domado...

(DC)

Rende-se então
antes, o rei,
aos encantos da fêmea
nua e bela...
a lua a banha com brilho,
e não há mais o que dizer,
segue-se o êxtase,
num urro grandioso,
tal qual seria na selva...
Eram amantes soltos e nus, deitando-se na macia relva...

(FA)





terça-feira, 23 de agosto de 2016

DUETO COM NANDINHA







CÉU DE ALGODÃO DOCE


QUERIA TOCAR O CÉU, PARA DAR UM PEDAÇO DE NUVEM, À VOCÊ.
AH, MINHA DOCE FILHA, O QUE DESTINO NOS TRAZ? SERÁ ESCADAS EM QUE CADA DEGRAU HAVERÁ UM SORRISO?
SERÁ UMA DESCIDA QUE PODEREMOS CAIR? NÃO, FILHA, NÃO! TEREMOS QUE SER PRUDENTES E FAZER ESCOLHAS CORRETAS...
ERRAMOS É VERDADE!
TODAVIA, FAZ PARTE DA VIDA!
CAIR, LEVANTAR, OLHAR PARA O CÉU, E DIZER:
AMÉM!

FATUQUINHA





************

Amém! ! Mãezinha NÃO tenha medo, sei que pode me dar muito mais que um pedaço de nuvem...
Teu amor me faz segura, não tenho medo de altura!
E na descida lá embaixo,
Me segura... O que é subida ou descida, quando no seu colo, tudo tem sabor de algodão doce!?
Te amooO!!

Maria Fernanda Freitas


Dueto do Reconhecimento

Nos conhecemos e aprendemos a gostar um do outro, aprendemos a nos gostar não pela nossas aparência... E sim, pela beleza que encontramos em nossas almas e em nossos corações...
L F

No encontro de almas, o reconhecimento, e no toque dos olhares cruzados.
Foi contato de eras passadas.
Do amor primeiro: Aquele que sobrepõe tempo e espaço.
E nesse reconhecer de almas afins, veio teu abraço.
Que me acolheu, e o amor, mais uma vez se deu...
Fátima  Abreu




segunda-feira, 22 de agosto de 2016

O QUE SOU


Não sou a serpente inca.
Acaso achas que sou? 
Não, sou a sereia que vem nas marolas. 
Sou o azul que as serpenteia. 
Sou o branco trazendo a paz no olhar. 
Sou o véu que encobre a tristeza e traz flores nas mãos de rara beleza. 
Sou o ar que respiras quando sente meu odor de almíscar selvagem. 
Sou a flor que colhe às tuas margens.

 Fátima Abreu Fatuquinha autora


A Iara e a Sereia- REPUBLICADO

                                                                          IARA



LINDA IARA
CABELOS VERDES
COBRINDO SEIOS PEQUENOS
CAUDA AZUL, CRISTAIS...

VIVE TÃO SOMENTE ENTRE AS ÁGUAS DOS RIOS
TALVEZ LAMENTANDO SUA SINA:
SER UMA ELEMENTAL
E NÃO UMA SIMPLES MENINA...

ANSEIA VIVER UM GRANDE AMOR
MAS COMO PODERIA TER ISSO,
SE UM SER IGUAL, MASCULINO,
NOS RIOS NÃO HÁ...

SUA PRIMA SEREIA, QUE É FELIZ,
PENSA ENTÃO:
EM ALTO MAR
ELA TEM SEU TRITÃO.

POBRE IARA TRISTE!
NASCIDA NUM PAÍS ECOLOGICAMENTE EXUBERANTE,
NÃO ENCONTRA ENTRETANTO, NENHUM AMANTE...

A SEREIA EUROPÉIA TEM MAIS SORTE!
A BRASILEIRA, ENFIM, ACOSTUMA-SE  COM A SOLIDÃO...
NAS NOITES DE LUA CHEIA,
CLAMA AOS CÉUS
QUE LHE DÊ TAMBÉM UM 'SENHOR TRITÃO'...

FÁTIMA ABREU

                                                                           SEREIA

Linda Sereia- PELO DIA DO FOLCLORE, REPUBLICO


Linda sereia
Dos cabelos cor de fogo
Que o luar clareia,
Brasa que a um homem, incendeia...

Linda sereia
De todos os mares ela surge...
Cria de Netuno
Sedução no seu seio, urge.

Linda sereia
Rainha dos oceanos
Pode ser encontrada também
Nos leitos dos rios, em cachoeiras...
Mas a sedução é a mesma, seja Iara ou Sereia 

Fátima Abreu

domingo, 21 de agosto de 2016

Dinâmica: O Romantismo Não Acabou

 ASSISTA AO VÍDEO, E VEJA QUE LINDO PEDIDO DE CASAMENTO





 O ROMANTISMO NÃO ACABOU


Essa é nossa dinâmica proposta por mim, para esse final de semana.
Cada membro teria que contar seu momento(s) romântico(s) inesquecível (is)...
Eis aqui os meus:

Com o primeiro marido:

Depois de ter meu primeiro filho aos 17 anos, a choradeira de criança atrapalhava certas coisas... Entretanto, a vida a dois de casal recém casado, era uma constante...
E não podíamos deixar cair nunca na rotina!
Então, no segundo carnaval depois q tive meu filho, e que podia já deixá-lo com alguém, tive então uma segunda lua de mel merecida, em Petrópolis...
Bem, o mais encantador foi o banho de chantilly e champagne...
E no dia seguinte, acordar com o recado no espelho do hotel: "Amo você", que meu esposo deixou quando saiu para trazer chocolate para mim...
Fátima Abreu
Fatuquinha

E com o segundo marido:*

Estávamos na sala dançando, depois, ele me colocou em pé numa mesa baixa e me disse coisas tão lindas sussurrando no ouvido, que nunca esqueci...  Tomamos vinho que ele serviu em 2 taças verdes iguais, e depois, ele me deitou sobre a mesa, e cantou para mim a nossa música (ele é dono de uma voz viril, linda e potente)... Fizemos amor por toda tarde...
E para rimar:
Ah, que saudade!

É LINDO QUANDO DIZEM: " VOU TE AMAR PARA SEMPRE"...


Disse que nunca mais amaria ninguém assim

Que precisa integralmente de mim...

Serão meras palavras, ou há mesmo sinceridade nelas?


Também, que nunca amou até me conhecer

E que acendi uma luz,

Tão perdido estava, sem motivo para viver...


Prefiro pensar que tudo seja real

Que sejam palavras vindas do coração

Porque nada é pior, do que enganar quem te estende a mão...


Sei que não é dado ao romantismo,

Entretanto, nessas palavras, que disse, isso encontrei.

Será que estou enfim te mudando? Não sei...


Sei apenas que é bom demais,

Quando diz que me quer:

Então me beija, abraça, me faz mulher...


'Vou te amar para sempre', escrito em batom

Na porta do nosso quarto, agora vale pelos dois,

Já não me incomodo, com o que venha depois...


Fátima Abreu Fatuquinha

* fiz essa poesia nesse dia que comentei acima

*******


MOMENTO Romântico DA NANDINHA:
*DUAS FORMAS QUE ELA CONTOU...

 NA "IMAGINAÇÃO POÉTICA":

... Final de tarde de uma terça-feira qualquer:
Ele me mandou uma mensagem: te quero hoje com uma calcinha amarela ou preta!!corri!! Banho e duas fotos no whats, e disse escolhe rápido!!
Ele diz: Hum, gostei das duas. .. eu disse quer saber não vou usar nenhuma!!
Ele disse Preta amor, a Preta por favor! .... concordei!!
Nosso encontro foi no carro, lá roça!! E debaixo do luar cor de Prata , a calcinha preta nem teve seu momento.  Passamos horas fazendo amor e trocando juras de Amor, ao som da natureza noturna!
(Acho que esse foi meu maior momento Romântico)  e novamente ouvi a voz rouca me dizendo:
Te amooO muito muito muito!!!
Suspiro...


NO "JUNTOS & MISTURADOS":




Meio da tarde... calor... e de repente rola um clima mágico através dessa imagem!
Um burburinho dos pássaros, e um Eu te AMO muito muito, voz embargada.
Ai (suspiros) não tenho muito a te oferecer Maria Fernanda, mas te ofereço meu amor e o silêncio deste momento! ! E nos beijamos apaixonadamente!  Fizemos amor no carro, debaixo dessa sombra!!!


CONTRIBUIÇÃO DA LÍLIAN FURTADO PARA NOSSA DINÂMICA:

 Logo no inicio do nosso namoro há doze anos atrás, conseguimos um apartamento emprestado para ficarmos sozinhos, pois não tínhamos lugar para ficar juntos.
Nessa noite, após chegar da faculdade, fui direto encontrar meu então namorado.
Dai, quando abri a porta, me deparei com velas coloridas acesas, espalhadas por todo o apartamento.
Era véspera do dia dos namorados: E ele fez um lindo jantar para nós dois, com muita simplicidade mas, se preocupando com cada detalhe.
Tivemos uma noite marcante e muito feliz cheia de amor.
Ele fazia tudo pra me agradar. Nunca o esqueci.




*******



 ELIZA NOS CONTA:

Um dos meus momentos  românticos foi em um lual.
Humm tudo de bom!
Ao chegarmos na praia ele foi logo me servindo um bom vinho, e passou a me falar tantas coisas lindas mas do que o normal.
Me deu tantos carinhos até mais do que o normal! Juro que pensei que fosse uma despedida.
Foi uma noite linda, de juras e mais juras de amor e de grandes felicidades!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Fotos

Dia 17/08/2016 :
Fui fazer novo exame, e aproveitei para ir ao shopping com Catarina, minha filha caçula.


Queria ter tirado uma foto ao lado do meu personagem da MARVEL preferido, ( IRON MAN), lá no Plaza S. de Niterói, mas... Minha filha se recusou a tirar, porque para ela, seria "pagar mico"...
Ô geração que não sabe curtir o momento!







Outra foto que desperdicei , mas, a mãezinha de LEGO com seu bebê, levei assim mesmo: Perfect!



Bem, e eu fico por aqui, com essa foto do meu novo visual, e uma poesia:
Rubra, Rosa Vermelha

Nos cabelos ruivos,
Da cor da paixão...
Não diga que não gosta, sei que é pura sedução...
Qual homem não sonhou com uma ruiva nos braços?
Rubra, rosa vermelha.
Eu aqui esperando que caia em minha teia...
Essa aranha, que te abocanha, e não arranha.
Fátima Abreu






Cartas de Amor- REPUBLICADO






Lembrei de um texto que li outro dia na web: "Cartas de amor Encontradas no Mar da Segunda Guerra Mundial:
Algumas vezes o oceano age como uma cápsula do tempo desenterrando memórias. Neste caso, foram 57 cartas de amor escritas na época da Segunda Guerra Mundial.
Elas foram descobertas por um garoto de 14 anos depois de que o furacão Sandy aconteceu. Elas foram escritas por Dorothy Fallon para o seu futuro esposo, Lynn Farham entre 1942 e 1948. "Bom querido, daqui duas semanas vamos estar casados" Dizia em uma das frases.
Lynn Farham morreu em 1991, mas as cartas eventualmente retornaram para a mulher, que tem 91 anos. Não é possível saber onde as cartas estavam originalmente."


DUETO

Escreve-me, amor meu...
Escreve-me!

Não vai matar a saudade
Não vai, jamais!

Mas pelo menos poderei responder mil vezes...
Te amo, te amo, te amo!


( Gabriel Peers )

********************

Escrevo-te com pena ou caneta.
Entretanto,
Nada de tinta preta:
Quero desenhar as letras, com tinta escarlate
Da paixão que me aquece.
Invade...

Cada linha, uma canção escrita:
Acordes de poesia.
Amarro a carta, com fita cor de rosa,
Perfumo-a.
Selo com um pingo de vela derretida, da mesma cor da tinta:
O vermelho quente...
Envio também,
Um beijo de batom, na folha escrita
Lábios meus, marcados
Cola os teus ali,
Daqui então, poderei sentir.

Fátima Abreu

domingo, 14 de agosto de 2016

AMOR DISTANTE- Poesia para a dinâmica na IP




Amor Distante
 
Ah, se o amor fosse menos distante!

 Se as horas não corressem tão devagar, para ele enfim chegar!
 Ah, se o momento não fosse tudo que temos !
Se o segundo fosse eterno , tanto quanto essa distância louca , que nos deixa com mel querendo a outra boca ...
_____Tão minha essa dor quanto sua! E choramos...
Tão distante, 

Tão verdadeiro esse amor!
Você de lá, e eu de cá 

E a vontade que nunca cessa, de estar novamente entre as mesmas cobertas!

(Fátima Fatuquinha Abreu)


*******

Amor Distante

Vou levar esse amor distante para o nosso canto, onde não cessa a distância (no canto). 
E em gritos e sussurros ficamos. 
Mas, ainda um amor distante!
E nos esperamos no nascer do sol e no por do sol. 
Eternizamos nesses momentos nossos, um amor eterno e terno. Nosso amor distante se encontra num tempo e espaço, onde nossas almas estão sempre. 
Você me sente e eu te sinto, nesse tempo sem fim...

 Adriano de  Alvarenga Azevedo

*******










Amor Distante



Caminheiro vem errante
Passando por muitas paisagens
Fez do céu  seu abrigo
Dormindo ao relento
Caminha a passo lento
Cansado vem o caminhante
Em busca da felicidade
Do amor que outrora
De si estava distante


Delonir Cavalheiro

*******


Amor Distante...


Uma rosa e um bilhete, em minhas mãos amassados.
Lembranças do meu passado!
Amo- te à distância, pois  por algum motivo, a vida te tirou do meu lado.
Amor distante... 

Amor em minha alma tão presente:
Vou te amar para sempre, pois eu sei, tenho certeza que é também o que você sente!!!

Maria Fernanda de Freitas


*******

Amor distante
Não é aquele amor que pressupõe apenas distância física, mas, é muito mais complexo. 

O amor distante é aquele em que duas pessoas se distanciam uma da outra, em seus sentimentos, deixando de se importar com o bem estar do outro. 
Às vezes duas pessoas estão próximas, porém, distantes... 
Bem como podem estar longe uma da outra, mas, os seus sentimentos nunca os deixaram. 
E isso formou um laço ou corrente, que nenhuma distância física consegue quebrar. 
O verdadeiro amor, jamais aprisiona, apenas aproxima pessoas que mesmo distantes fisicamente, permanecem conectadas uma a outra. E não importa o tempo que passar, esse elo jamais se romperá. 

(Lilian Furtado)

*******

Amor Distante 

É um amor que sinto, mas, não vejo, não toco.

Que a gente cada dia que passa, está mais próximo, e quando vejo que estou separada por uma distância meu amor a cada dia aumenta mais e mais... 
Essa vontade de ter você em meus braços...
De querer junto a mim:
Em minha vida, em meu corpo, transpondo tudo de amor por você!

(Naijan)


*******

Amor Distante...                                 

Ahhhhh esse amor, amor que está presente em mim... 
Mas, que com essa tua ausência física, acaba com meu ser. 
Esse amor que nos une, e essa distância que nos separa, nada mais é que um pequeno detalhe. 
Detalhe que dói e machuca. 
Mas um dia iremos nos reencontrar, e esse amor distante, já não nos pertencerá. 
Pois, o que nos uniu e sempre nos unirá, é nosso amor...  
Hoje sua presença física está distante de mim. 
Um dia nos reencontraremos. E todo esse sofrimento, será apenas uma triste lembrança.                                   

Najla Aziati (Naná)







sábado, 13 de agosto de 2016

DUETANDO COM AS DIVAS

 

...Que minha solidão me sirva de companhia.
que eu tenha a coragem de me enfrentar.
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.


Clarice Lispector


E plena de tudo, sinto o viço,  o vigor que me restaura alma
O meu sentir é só meu. 

A minha crença é parte de um todo, que se divide em muitas partes
As expectativas deixei de lado, vivo o agora, e isso me basta!
Intensamente, é vivido cada instante que respiro.

O amanhã, é incógnita constante, para quem tem noção!
Eu tenho, eu sou, eu cuido, eu vou, verbos que traduzem minha alma única,  entretanto, dúbia de sentimentos.


Fátima Abreu 

FATUQUINHA

******* 




 A vida é uma tarefa que não pode ser dividida com ninguém.
Gosto de palavras na cara , de frases que doem . 

De verdades ditas (Benditas!). 
Sou prática em determinadas questões : ou você quer ou não.
Fala se muito da crueldade e na bruteza do homem medievo.
Mas, o homem moderno será melhor ? 


(Raquel de Queiroz)
.
 

O homem moderno não admite, porém, a verdade está a frente:
 Existe!
A rudeza dos tempos de outrora tão viva , como agora !
Não foquemos a violência urbana, essas os olhos enxergam sem óculos !
Mas naquela que espreita, no olhar enganoso que fica, quando se pensa... 

Naquela que a boca não diz, mas, que engole em seco.
Ah, tempos medievais!

Apenas a tortura era outra...
Pior é o fel que sai de uma boca!


(Fátima Fatuquinha Abreu)


segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Moça na Janela II

MOÇA NA JANELA II 


Inconformada, a moça ainda espera por trás do vidro da janela...
Teme a notícia, talvez, a desesperança.
Apararam suas asas, cortaram seu sonhos.
Perante o vidro frio, e um pouco embaçado do final de inverno, ela espreitava:
Será que a vida a deixaria triste de vez?
Ou sorriria com traços de boas novas?
A esperança de total liberdade a movia:
Dali em diante, aguardaria ansiosa.
Anjos não devem ter sua liberdade tolhida.
E amores não devem ser forçados.
Seu sequestro, seria descoberto.
E depois disso, ganhando asas de anjo novamente, alçaria voo livre...
Percorrendo todos os espaços.
E voltando ao amor verdadeiro, que nela, ainda vive.


Fátima Fatuquinha Abreu

Uma Rosa & Um Café



Uma Rosa e um Café

Ah, era tudo que eu queria!
Sobre os livros que contavam os romances de outrora...
Folhas amareladas pela erosão do tempo.
E as lembranças de uma época que não volta mais!
Tempos que o romantismo existia na melhor concepção da palavra...
E que o meu amor, ao teu, se consolidava...
Uma rosa e um café.
Disso que eu preciso agora.
Reler poesias nossas, com gosto de saudade...
E a vontade imensa de ter-te novamente a meu lado.
Óleo e água não se misturam, entretanto, café e leite, sim...
Ah, se nada disso tivesse se transformado em pétalas de rosas secas!
Um romance que ainda não teve fim...

Fátima Fatuquinha Abreu


 

domingo, 7 de agosto de 2016

CONHEÇA-ME PELA FRASE DO PERFIL




Somos como espelhos:
Refletimos no cotidiano, nas redes sociais (também hoje, nos grupos de whats app), a pessoa que somos, com imagens, sons preferidos, frases de efeito... E assim, montamos um perfil perante os demais.

NOSSA DINÂMICA DA IP, DO FIM DE SEMANA: 

CONHEÇA-ME PELA FRASE DO MEU PERFIL

*Comentamos a frase de cada amigo, (os que tinham frases, obviamente) na apresentação do whats app:


ANDRÉ: OTIMISTA SEM UTOPIA E PESSIMISTA SEM DEPRESSÃO

NA MINHA OPINIÃO: MUITO PÉ NO CHÃO. E ESTÁ CERTÍSSIMO!

ALMIR: A VANTAGEM DE SER HONESTO, É QUE A Concorrência É PEQUENA

PENSO QUE ALMIR QUIS DIZER, O QUANTO SE TEM DE SAFADOS, LARÁPIOS, 171 POR AÍ... E ELE É CAPAZ DE SOBREPOR TUDO ISSO, POR SER UMA PESSOA QUE SE CONSERVA HONESTA.

ADRIANO: Sei que dois e dois são quatro, ainda que o pão seja caro e a liberdade pequena...

ADRIANO QUIS DIZER (COMO POETA SONHADOR), QUE O CASAL RESISTE ÀS INTEMPÉRIES DA VIDA COTIDIANA.

FRANN: AMOR VIVER... O VERDADEIRO AMOR NÃO SE RESUME NA UTILIDADE DA PESSOA, MAS, O QUE ELA REPRESENTA NA SUA VIDA.

FRANN É UMA MULHER SÁBIA! O AMOR É MUITO MAIS DO QUE UTILIDADE, COMO UNS E OUTROS FAZEM PARA PODER TER O QUE QUEREM (TIPO GOLPE DO BAÚ) ... AMOR VERDADEIRO É DOAÇÃO, E NÃO SUBTRAÇÃO.


JORGE: UM DIA EU SEREI SÓ SAUDADE... SE ENTREGUE POIS, POR HJ, SOU SEU PLENO AMOR...

JORGE, UM POETA ENCANTADOR E COBIÇADO NESSE MEIO...
COM ESSAS PALAVRAS SUAS, ELE MOSTRA QUE FAZ SUA PARTE PARA FICAR NA MEMÓRIA DAS MOÇOILAS, QUE SE ENCANTAREM POR ELE.
CONSEQUENTEMENTE, SURGE E ETERNIZA A POESIA DEIXADA NESSES MOMENTOS.

LÍLIAN: ONDE NÃO HOUVER AMOR, NÃO TE DEMORES. (FRIDA)

FRIDA (A RENOMADA E NUNCA ESQUECIDA, ARTISTA) AQUI REPASSADA POR LÍLIAN, DIZ EXATAMENTE O QUE PENSO TAMBÉM:
EM TERRENO QUE NÃO EXISTE TAL SENTIMENTO, MELHOR DEIXÁ-LO BEM RÁPIDO, POIS NÃO VALE A PENA!

MARILENE: MINHA BANDEIRA É O EVANGELHO DA GRAÇA, (DE JOÃO) E MEU GENERAL É JESUS CRISTO.

MARILENE RETRATA NESSAS PALAVRAS, O QUANTO LEVA A SÉRIO E VIVE EM SEU DIA A DIA, O EVANGELHO E O AMOR AO NOSSO SALVADOR.

NANINHA:  É SÓ TER VONTADE DE FELICIDADE...

NANINHA, MOSTRA COM SUA FRASE SIMPLES, O QUE ELA ASPIRA NA VERDADE (AINDA QUE EM ALGUNS MOMENTOS ISSO PAREÇA UTOPIA), A FELICIDADE PODE SER ALCANÇADA, SE TIVERMOS O PENSAMENTO NESSE PROPÓSITO...

REGINA: FAMÍLIA BASE DE TUDO.
REGINA, NUMA ÚNICA FRASE, MOSTRA O VALOR DA FAMÍLIA NA FORMAÇÃO DO SER HUMANO, EM TODAS AS COLOCAÇÕES POSSÍVEIS.

A MINHA ( Fatuquinha) : A rosa não perde a beleza porque tem espinhos. Assim a vida...

NESSE MEU PENSAMENTO, MOSTRO QUE AS PESSOAS NÃO PERDEM A BELEZA, O CHARME, O ENCANTAMENTO, PELOS DISSABORES DA VIDA( ESPINHOS).
OU POR OUTRA: A VIDA NÃO FICA SECA (COMO ROSA PASSADA), POR SE TER PROBLEMAS, TEMOS COMO ROSAS QUE SOMOS, ENCARÁ-LOS E MANTER A VIVACIDADE.
EU TENTO...

NANDINHA:

SOMOS SERES ESPIRITUAIS, VIEMOS DO "ANTES DE TUDO", VIVENCIANDO NO PLANO MATERIAL, EXPERIÊNCIAS HUMANAS QUE PODEM ASSIM, AJUDAR NA EVOLUÇÃO.

SIMONE: EU SABIA QUE UM DIA VOCÊ CHEGARIA...

SIMONE FALA DO AMOR, COM CERTEZA, POR TEMPOS ESPERADO...


                                                                            *******


NANINHA DÁ SUA OPINIÃO:


ANDRÉ: OTIMISTA SEM UTOPIA E PESSIMISTA SEM DEPRESSÃO
NA MINHA OPINIÃO:
Esse vive da realidade sem ilusões.


ALMIR: A VANTAGEM DE SER HONESTO, É QUE A Concorrência É PEQUENA
MINHA OPINIÃO:
ESTÁ CADA VEZ MAIS DIFÍCIL DE TER PESSOAS HONESTAS NO MUNDO.



ADRIANO: Sei que dois e dois são quatro, ainda que o pão seja caro e a liberdade pequena...
MINHA OPINIÃO: MATEMÁTICA ÚNICA CIÊNCIA EXATA KKK


FRANN: AMOR VIVER... O VERDADEIRO AMOR NÃO SE RESUME NA UTILIDADE DA PESSOA, MAS, O QUE ELA REPRESENTA NA SUA VIDA.
MINHA OPINIÃO:
FRAN É ROMÂNTICA, E DESEJA VIVER UM AMOR DE VERDADE, ALGUÉM PARA DIVIDIR SUA VIDA.




JORGE: UM DIA EU SEREI SÓ SAUDADE... SE ENTREGUE POIS, POR HJ, SOU SEU PLENO AMOR...
MINHA OPINIÃO:
JORGE PAQUERADOR DO SHOPPING, GALANTEADOR E SEDUTOR. RSRS


LÍLIAN: ONDE NÃO HOUVER AMOR, NÃO TE DEMORES. (FRIDA)
MINHA OPINIÃO: SE NÃO É RECÍPROCO, CAÍ FORA KKK

 
MARILENE: MINHA BANDEIRA É O EVANGELHO DA GRAÇA, (DE JOÃO) E MEU GENERAL É JESUS CRISTO.
MINHA OPINIÃO:
MULHER DEVOTA A DEUS, QUE COLOCA DEUS EM PRIMEIRO LUGAR. ELE QUE CONDUZ A VIDA DELA.


NANINHA:  É SÓ TER VONTADE DE FELICIDADE...
MINHA FRASE: LETRA DE UMA MÚSICA, DA QUAL ESTA AINDA DIZ:
...A VIDA É AGORA, VÊ SE NÃO DEMORA... PRA SER FELIZ TEMOS QUE QUERER, NÃO FICAR ESPERANDO O MOMENTO CERTO PARA ISSO. VIVER O HOJE, AGORA. SER FELIZ HOJE E AGORA.

REGINA: FAMÍLIA BASE DE TUDO.
MINHA OPINIÃO: FAMÍLIA PARA REGINA É O PORTO SEGURO DELA.


A MINHA ( Fatuquinha) : A rosa não perde a beleza porque tem espinhos. Assim a vida...
MINHA OPINIÃO: MESMO QUE NEM TUDO SEJA FÁCIL, MÃEZINHA NUNCA DEIXA DE PERCEBER A BELEZA QUE HÁ EM SE VIVER.


SIMONE: EU SABIA QUE VC CHEGARIA...
MINHA OPINIÃO:
NÃO SEI QUEM CHEGOU, MAS ELA ESTÁ FELIZ POR ISTO. RSRS


Maria Fernanda
"Não somos seres Humanos vivendo uma experiência Espiritual ...
Somos seres Espirituais vivendo uma Experiência Humana"
.
"Nessa frase entendo que estamos e somos Passagens ...
Como seres Humanos temos temos nossas fraquezas,
Mas como Aprendizes, temos que muitas vezes voltar atrás e recomeçar quantas forem necessárias para termos Paz e Luz !!! "

 ENTÃO LÁ VAI MINHA OPINIÃO:
CARACA, ESSA MORENA É UM SER MUITO EVOLUÍDO PRA FALAR BONITO ASSIM.... PALMAS PRA VC!!!


                                                                       *******


Opinião de Lílian Furtado:

 Dinâmica das frases dos amigos do grupo

André: otimista sem utopia e pessimista sem depressão.
Minha Opinião: 

vejo aí uma pessoa muito equilibrada na sua maneira de viver.

Almir: A vantagem de ser honesto, e que a concorrência e pequena.
Minha Opinião: 

a honestidade e uma qualidade em falta nos dias de hoje, infelizmente.

Adriano: sei que dois e dois são quatro, ainda que o pão seja caro e a liberdade pequena.
Minha Opinião: a vida não e uma ciência exata como a matemática. Tudo e´ variável.

Fran: Amor viver...o verdadeiro amor não se resume na utilidade da pessoa, mas o que ela representa em sua vida.
Minha Opinião: Quem ama verdadeiramente alguém, ama pelo que a pessoa e. Não somente pelo beneficio que a pessoa proporciona a outra.

Jorge: Um dia, eu serei só saudade, se entregue pois, por hoje vou ser seu pleno amor.
Minha Opinião: 

Vamos aproveitar esse momento porque amanha não sabemos o que será de nos dois.

Marlene: Minha bandeira e o evangelho da graça de João e meu General e Jesus Cristo.
Minha Opinião: 

A minha vida e pautada pela palavra de Deus. Jesus Cristo e quem comanda a minha vida.

Naninha: E só ter vontade de felicidade.
Minha Opinião: 

A felicidade e uma escolha de vida.

Regina: Família e a base de tudo.
Minha Opinião: 

A família e o nosso maior alicerce. E quem nos sustenta quando estamos ameaçados pelas armadilhas da vida.

Fatuquinha: A rosa não perde a beleza, porque tem espinhos. Assim a vida...
Minha Opinião: 

A vida como a rosa e bela, mesmo cheia de dificuldades assim como os espinhos na rosa. sempre deve ser valorizada.

Minha frase: onde não houver amor, não te demores. (Frida)
Minha Opinião: 

a sábia e inesquecível Frida sabia muito bem o que dizia. Quando o amor não e reciproco em um relacionamento não vale a pena permanecer.

Maria Fernanda:
"Não somos seres Humanos vivendo uma experiência Espiritual ...
Somos seres Espirituais vivendo uma Experiência Humana"
Minha Opinião: 
que a vida não termina com a morte e que estaremos sempre aqui vivendo varias experiências humanas num ciclo sem fim.

Simone: Eu sabia que vc chegaria...

Minha Opinião. Sempre tive fé de encontrar a pessoa certa na minha vida.




                                                                   *******

ADRIANO DIZ: " Resumi cada um com uma palavra:"

André: centrado
Almir: Boa índole
Fran:  romântica
Jorge:  O Cara.
Lilian: Amor
Marilene: Evangelizada.
Nana: Racional
Regina: Família.
Fatuquinha: Proteção
Simone: Fé.
Nanda: Espiritualizada
Adriano: Equação da Vida. A frase que usei é do poema do Imortal Grande Poeta Escritor Ferreira Gullar intitulado: "Como dois e dois são quatro."


                                                                          *******


MARIA FERNANDA E SUA VERSÃO:

 MARIA FERNANDA:
"Não somos seres Humanos vivendo uma experiência Espiritual ... Somos seres Espirituais vivendo uma Experiência Humana" . 

Nessa frase entendo que estamos e somos Passagens ... Como seres Humanos temos nossas fraquezas , Mas como Aprendizes temos que muitas vezes voltar atrás e recomeçar quantas forem necessárias para termos Paz e Luz !!!
.
ANDRÉ: OTIMISTA SEM UTOPIA E PESSIMISTA SEM DEPRESSÃO
NA MINHA OPINIÃO: 

Realista !! Mas sem muitas expectativas . 

ALMIR: A VANTAGEM DE SER HONESTO, É QUE A CONCORRÊNCIA É PEQUENA !! MINHA OPINIÃO : O Almir estava é Bravinho (eu sei hihihi)


 ADRIANO: Sei que dois e dois são quatro, ainda que o pão seja caro e a liberdade pequena... MINHA OPINIÃO : 

acho que ele estava falando do nosso café em Dubai  ...

FRANN: AMO VIVER... O VERDADEIRO AMOR NÃO SE RESUME NA UTILIDADE DA PESSOA, MAS, O QUE ELA REPRESENTA NA SUA VIDA. 

MINHA OPINIÃO: 
Eu acho que qdo Amamos colocamos a Pessoa em Posição de destaque sempre !

JORGE: UM DIA EU SEREI SÓ SAUDADE... SE ENTREGUE POIS, POR HJ, SOU SEU PLENO AMOR... 

MINHA OPINIÃO:  
Eu acho que ele quis dizer para viver um dia de cada vez (Mas percebi uma leve pressão)

LÍLIAN: ONDE NÃO HOUVER AMOR, NÃO TE DEMORES. (FRIDA) MINHA OPINIÃO: Eu gosto dessa Frase, mas acho que onde não há Amor devemos deixar um pouquinho do nosso antes de ir embora !


MARILENE: MINHA BANDEIRA É O EVANGELHO DA GRAÇA, (DE JOÃO) E MEU GENERAL É JESUS CRISTO. 

MINHA OPINIÃO: Pela Fé , uma Proteção Divina !!

NANINHA: É SÓ TER VONTADE DE FELICIDADE...

 MINHA OPINIÃO : E de quê Maninha Loira Não tem vontade ?? Famintona !!!

REGINA: FAMÍLIA BASE DE TUDO. 

MINHA OPINIÃO: Sustentação /cuidada 

 FATUQUINHA : A rosa não perde a beleza porque tem espinhos. Assim a vida... 

MINHA OPINIÃO: 
Mãezinha quis dizer que embora a vida derrube-a ela sempre vai rir dos arranhões !! (depois do sofrimento para levantar) Mãe Te AmooO! !

 SIMONE: EU SABIA QUE VC CHEGARIA: 
MINHA OPINIÃO: 
Ela estava falando de dinheirão!