sábado, 1 de agosto de 2015

Meio Pedaço





Meio Pedaço

Tenho meio pedaço,
Outro, me falta agora.
Tenho meias palavras:
Outras caíram por terra,
Emudeceram nos lábios...

Tenho meios sentidos
Estão tolhidos, pelo pedaço que me falta.
Tenho metade das ânsias de outrora.
Não fazem parte de mim, agora.

Tenho meias tristezas e alegrias...
O pedaço que me falta, carrega isso também.
Tenho sonhos pela metade.
Mas, tenho uma certeza inteira:
Aqui é só passagem:
A alma é verdadeira.

FÁTIMA ABREU


Nenhum comentário:

Postar um comentário