terça-feira, 20 de março de 2018

Dinâmica- Gotas de Sabedoria


Baseada nesse card, que é dado como "Gotas de Sabedoria", diga o que lhe vem em mente ao lê-lo.
A cada alusão descrita aqui, reflita e diga no que serve para seu íntimo. Você já se questionou?

OPINIÕES:


Eu, Fátima Abreu Fatuquinha:

Eu até queria que tudo na vida fosse alegria mesmo! Mas, como eu digo na minha frase do whatsapp: A rosa não perde o perfume e a beleza, porque tem espinhos; Assim é a vida!
Então, se não pode ser cor de rosa, que nesses poucos momentos de alegria, possamos pensar como se fosse eterna felicidade! Sabendo aproveitar aquele breve momento, como se fosse o último!

Choramos porque há muitos motivos durante a vida para isso. E quando vem os instantes maravilhosos de sorrisos, temos que valorizá-los! Também é muito importante contagiarmos a quem está à nossa volta, com nossos sorrisos e saber poupar o choro, da mesma maneira. Ninguém merece ficar triste por nós. Cada um  já tem seu próprio choro interior.

Eu costumava dizer que não sentia saudades de nada, apenas uma certa nostalgia da minha infância e adolescência (embora, essa última tolhida no finalzinho, pelo meu casamento e as responsabilidades que vem com ele). Dos parentes e amigos que se foram, sentia da mesma forma, como pura e real nostalgia, não era saudade.
Saudade dói, e nunca senti a falta em forma de dor...
Choco ao dizer isso? Ah, mas não sou hipócrita!

NÃO VOU FINGIR QUE SINTO SAUDADE, POIS SEI QUE PODEM ESTAR ATÉ REENCARNADOS...  Como pessoa espiritualista que sou, acredito nisso.

Podem ser até pessoas bem diferentes das que conheci.

Entretanto, sei que nos momentos que estamos afastados dos que amamos (aqui no plano Terra), possa mesmo existir esse sentimento, de falta.
Então uma pequena ou grande distância dos meus queridos e queridas, pode realmente ser saudade...



Eu tive uma infância e adolescência em que nada me faltou, mesmo sendo de classe média.
Meus pais nunca deixaram faltar nada a mim e a meus irmãos. Graças, por isso!
Entretanto, não fui Patricinha, mesmo estudando em colégio particular em que existiam muitas!
Sempre dei valor ao que meus pais me davam. Sabia que papai trabalhava para isso, então eu tinha que dar valor.
Mamãe foi costureira uma boa parte da vida, e depois de casada, ainda trabalhou assim por um tempo (não que precisasse, pois papai ganhava para  não faltar nada, como disse acima)... Só que isso lhe deu problemas fortes de coluna... Então, como não valorizar?

Já depois que eu casei, minha vida foi um alto e baixo financeiro constante! E trabalhei muito atrás de um balcão de mercearia/lanchonete para garantir o sustento da família.

Agora, os bem nascidos, de bumbum para a Lua, que nunca passaram apertos nenhum na vida, realmente não valorizam aquilo que tem e ainda desperdiçam dinheiro muitas vezes de formas erradas...


Eu realmente tento esquecer o ontem. Ele me faz mal.
Só olho para trás, nos momentos de nostalgia:
Aqueles momentos da meninice, aonde era muito feliz, apesar da saúde ser complicada...
Não há rosas sem espinhos!

O hoje vivo intensamente, pois, fazia tempo que não me sentia tão bem! Então, que seja o hoje a minha maior alegria!

O  amanhã não quero saber, e nunca quis. Já fiz tanta coisa na vida, e passei também, que deixo isso seguir um dia atrás do outro: E seja mesmo como Deus quiser!


Nó de Marinheiro II

Não há rosas sem espinhos, tampouco amores sem carinhos.
Nó de marinheiro, junta e amarra.
É simples assim.
Não nasci em berço de ouro, mas, nada me faltou na meninice.
Esse ontem foi bom, o que veio depois, deixou a desejar...
Entretanto, o hoje compensa esse "segundo ontem"...
E o futuro, não quero pensar.
A rosa não perde o perfume pelos espinhos que carrega em seu corpo.
O nó de marinheiro se desata se quisermos.
Eu desatei um. Faltam outros...
Mas, isso deixo com Deus.
Ele é o Comandante do meu navio.

Fátima Abreu Fatuquinha




Ângela Nuno (grupo da Luz):

DINÂMICA BASEADA NO CARD GOTAS DE SABEDORIA. 🔍🔍

O card descreve bem algumas situações que já vivi.
Tenho aprendido que cada questionamento que faço, torna-se um mestre em minha caminhada.
Vivo em um processo de aprendizado e evolução.
Acredito que o passado é uma usina de experiências enriquecedoras.
Porém, cada vez mais, tenho focado no Hoje e no Agora.
Sinto o mundo veloz... A cada dia que passa, busco despertar minha consciência e seguir em frente.
Penso que o meu livre arbítrio é um fator determinante para tudo que vivo hoje e o reflexo do que viverei amanhã.
O Agora pode modificar toda minha trajetória futura.
Vou por aí... 😊😊😊




Lílian Furtado (grupo IP):

Dinâmica sobre o card nominado Gotas de Sabedoria:

O que me vem a mente quando leio as alusões descritas no card, é que a vida da gente é um eterno aprendizado: Desde a hora que nascemos até a hora que viramos pó.
Pois senão fossem os obstáculos que encontramos ao longo da existência, como as tristezas, decepções e inevitáveis perdas, não seríamos capazes de valorizarmos as coisas boas da vida.

Perceber o quanto é bom poder sorrir,  estando ao lado de quem amamos e não nos deixar fascinar pelos prazeres temporários que o dinheiro nos traz; Pois, tudo o que adquirimos na vida nada nos pertence.

Por isso, de nada adianta olhar para o passado e depositar expectativas no futuro, porque a vida é só o PRESENTE.




JDaviMiguez (convidado):

A vida começa já com a tristeza (ou dor) pois saímos do útero quentinho e confortável da mãe, para um mundo desconhecido.
Depois sofremos por não conseguimos nos comunicar, para dizermos (como cólicas por exemplo) o que sentimos ou queremos...
Há a quebra do vínculo com o seio materno ou colo.
Crescemos e aí outras coisas surgem no nosso caminho.

Nascemos chorando e continuamos nosso choro. Então pelo card, nascemos assim, para sermos felizes.

Claro, que quando se tem as coisas próximas de si,  não temos saudade; Pois, aquilo, aquele (a), está ali presente. E quando se afasta por algum motivo ( morte, viagem, desparecimento), essa ausência levar à saudade.


Eu duvido que a pessoa que luta para conquistar o seu dinheiro, não dê valor ao que conquistou. Exceto, é claro, se ele tiver algum distúrbio psicológico.

Tem aqueles que ganham dinheiro fácil, mas honestamente, claro, e rápido!
Esses até dão devido valor, entretanto, não tem noção do valor do dinheiro, e acabam gastando mais do que deveriam.
Aqueles que tem o dinheiro ganho de modo mais fácil ainda (como certos playboys, que nunca precisaram batalhar), como uma herança, ou os que ganham ilicitamente; Esses, realmente não dão valor.

Porque a pessoa sempre quer novos desafios, então quando ela chega aonde queria, o fim da escada, ela tem necessidade de encontrar outra escada para subir.
Como uma brincadeira de criança, que brincou com aquilo e daqui a instantes, quer outra brincadeira.

Concordo com a colocação da frase do ontem, hoje e do amanhã:
Com a ressalva de que, não podemos ignorar o nosso passado porque ele, foi nossa lição.
De vez em quando, temos que voltar ao arquivo morto, e relembrar o aprendizado que nós esquecemos.




Nandinha ( grupos da LUZ e IP):


A vida é um antes, um durante e um depois! Eu gosto dessa colocação.
Minha vida nunca foi tão fácil como parecia ou parece , eu que procuro adoçá-la todas as manhãs...
Nos momentos que eu chorei , chorei logo um mar de lágrimas , chorei por mim e por todos , chorei pelo mundo...
E nos momentos de sorrir , ah eu gargalhei: Ri de todas as piadas que pude me lembrar , dos tombos engraçados e dos porres da vida; Muitas vezes pelo mesmo motivos que antes eu havia chorado .
Viver realmente é uma Arte:
Tentamos esquecer  o ontem , peneirando o aprendizado que nos servirá de Esperança de um futuro melhor.
Hoje a gente coloca toda fé , energias positivas e muita Gratidão à Deus , porque Ele é Pai e sabe o que faz ! Beijão à todos e #Vivalavida!



Cida Nuno ( grupo da LUZ):



Alusão
Ilusão
Emoção.
Permeando
Caminhos
Que percorro,
Vida!
Hoje,
Apenas
Hoje,
O passado não
Importa.
Lembranças
São traiçoeiras.
Ontem,
Páginas viradas
Do calendário.
Não  sei
Onde vou chegar,
Mas continuo
Seguindo em frente...
Vida,
Caminhos,
Versos em construção,
Trago um destino traçado
Na palma da minha mão...








Um comentário:

  1. Olha, amei a colocação de Cida Nuno em forma de poesia! PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir