terça-feira, 26 de julho de 2016

PÉROLAS NO TAPETE (republicado)

PÉROLAS NO TAPETE


O colar de pérolas é arrebentado,
Pelo teu desejo voraz,
De me ter, desesperado...

Elas caem pelo tapete,
Você, quer tocar meu corpo
De vontade, está louco...

Invadir!
É o que te leva a pisar as pérolas, caídas ao chão
Estamos deitados agora, no tapete
As pérolas, ao lado estão...

A entrada se abre...

Segura em meus cabelos,
Nessa hora, aperto, contraio 'a menina',
Serpenteando 'aquilo' que me satisfaz...

Esse impacto, me provoca!
Ponho um dedo na boca, desvairada,
Pensando ser consolada...

Trocamos de posição,
Mas as pérolas, continuam pelo chão...
No ápice que chega para ambos,
Fico toda dormente...
Seguro uma das pérolas,
Rolamos no tapete...

Fátima Abreu


Poesia em áudio no RL:

http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/66415 



2 comentários:

  1. Muito bom mesmo. Puro sentimento de desejo, paixão e amor. Beijos!

    ResponderExcluir