quinta-feira, 11 de setembro de 2014

UM POEMA ÉPICO

A Musa e Seu Gladiador

A lira toca seu mais lindo acorde
Os serviçais servem de vinho e frutas, os convidados
Nos divãs estão os nobres
Em uma conversa de banalidades
A linda moça dança, mas teme uma fatalidade:
Será que o rei a escolherá para aquela noite?

Um brinde é erguido ao deus Baco
A jovem acaba sua apresentação e se recolhe...
Seu coração teme:
Não pode ser do rei, ama com fervor
Seu lindo gladiador!

E no meio do burburinho, surge belo rapaz
Vem resgatar sua amada
Com a ajuda  de sua espada!

O rei nervoso, envia os guardas...
warriors loveMas o rapaz revida, e salva sua musa
Fogem apressados dali...
Vênus abençoou esse amor,
E com sua ajuda
Serão felizes, acabou-se o temor...
Fátima Abreu


2 comentários:

  1. Só o amor nos salva...

    Bonita história em versos, Fátima.

    Um abraço!

    ResponderExcluir