sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Querubim

 http://3.bp.blogspot.com/_D6DWYiEN2OA/TMnOE2sgJlI/AAAAAAAAALY/JCyg7cs28gs/s1600/Anjinho-querubim.jpg

A menina triste, relembrava do amigo de tempos atrás, agora longe...


Ai querubim, por que afastou-se de mim?
Acaso não sou boa para ti?
Singelas mimos fez a mim, em tempos de outrora...
Agradecida, eu retribuía...

Ai querubim, por que afastou-se de mim?
Lembra do riso solto, e da minha voz que gostava de escutar?
Ai, querubim não faça assim comigo!
No teu ombro sempre encontrei abrigo.

Deu-me pérolas de poesia,
Um dia, me chamastes de rainha...
Ai, ai, querubim!
Volta para mim...

Fátima Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário