domingo, 11 de junho de 2017

Ah, o Amor!

Ah, o Amor!
 
O verdadeiro.
 Aquele que resiste ao tempo e as feridas que esse provoca.
Que procura-se pelo mundo inteiro.
Aquele que não precisa o toque da carne na velhice.
 Mas, que respira bons momentos e marcas de companheirismo.
 O verdadeiro.
 O que vê gerações começando através dele...
E que não precisa ser o último, nem o primeiro.
 O que fora predestinado nas estrelas.
 E também o que nasce e fica para a vida inteira...
 Ah, o amor dos eternamente enamorados!
 Os que duram eras.
 Que são amparadas em sentimento, por uma união ÉTER!
 E que se transforma em LUZ, quando sua evolução chega ao estado transcendental.
 Muito além de qualquer outra expectativa.
Amor, que nos completa.
 Amor, que nos conecta.
 Somos UM!
 
Fatuquinha
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário