sexta-feira, 29 de julho de 2011

MENINO ( EM MEMÓRIA DE ADIR )

MENINO ERA LOIRINHO
NASCEU EM FAMÍLIA DE POUCAS POSSES
O COMEÇO DE SUA VIDA FOI DIFÍCIL, E TAMBÉM O FIM...
MAS MENINO ERA BEM DANADO:
LEVADO À BEÇA!
E DAVA MUITO TRABALHO,
PARA MÃE E A AVÓ MATERNA,
PREGANDO CADA PEÇA!

QUANDO MENINO ESTAVA COM 2 ANOS,
SUA AVÓ FALECEU...
MENINO CHOROU E CHOROU...
O TEMPO PASSOU, ELE SE CONFORMOU.

MENINO NADA QUERIA ALÉM DE BRINCAR
MAS COMO O TEMPO, COMEÇOU À ESTUDAR
E NA COMPETIÇÃO POR NOTAS ALTAS NA CLASSE,
MENINO QUASE SUCUMBIA!
QUEIMANDO OS NEURÔNIOS, EM AGONIA...

SEU QUARTO TINHA PAPEL PARA TODO LADO:
DESDE AS PAREDES, ATÉ O ASSOALHO...
ELE COLOCAVA EM TODO LUGAR
PARA PODER ESTUDAR...

MAS HAVIA ÉPOCA,
QUE MENINO, NÃO TINHA COMO APAGAR OS ERROS:
A BORRACHA FALTAVA,
E O MIOLO DE PÃO, ERA SUA SALVAÇÃO...

DE NADA ADIANTOU TANTO ESTUDO
QUANDO A DOENÇA CHEGOU EM SEU MUNDO...
ANTES DISSO ACONTECER,
PASSOU POR VÁRIAS ÉPOCAS DIFERENTES:
DE MENINO POBRE, SEM BORRACHA,
À COMERCIANTE...
DE MENINO QUE APANHAVA SEMPRE
COM VARINHA DE MARMELO,
À FACULDADE, COM MUITO ESMERO...

CONSEGUIU SUPERAR À FAMÍLIA SEM ESTUDO:
SEU PAI, NÃO PASSARA DO TERCEIRO ANO PRIMÁRIO,
A MÃE, TERMINOU O QUARTO, E NÃO ESTUDOU MAIS...
MENINO ENTROU PARA A FACULDADE, PARA ORGULHAR SEUS PAIS...

BEM, ERA ISSO QUE ELE ACHAVA,
MAS NA VERDADE, NADA SE MODIFICOU EM RELAÇÃO AOS PAIS:
POIS PREFERIAM SEU IRMÃO
OUTRO MENINO LOIRINHO, COMO ELE...
NO ENTANTO, OS IRMÃOS, NÃO SE DAVAM BEM:
TALVEZ O CIÚME ESTRAGASSE TUDO,
E BRIGAVAM MUITO TAMBÉM...

ESSA RELAÇÃO ENTRE IRMÃOS, MELHOROU DEPOIS...
PASSANDO UM TEMPO, MENINO CASOU.
QUANDO NASCEU O PRIMEIRO FILHO DE MENINO,
FELIPE PAULO,
NOME ESCOLHIDO PELA SUA JOVEM ESPOSA,
MENINO SE ENCONTRAVA DESEMPREGADO,
TEMPOS DUROS, MENINO DESANIMAVA...
A ESPOSA DEDICADA, CUIDAVA DE DAR FORÇA
E MENINO RECUPEROU A AUTO ESTIMA
DENTRO EM POUCO, JÁ ESTAVA BEM DE NOVO...

PASSARAM-SE 3 ANOS, E UMA NOVIDADE CHEGOU:
FOI QUANDO A ESPOSA, NOVAMENTE ENGRAVIDOU...
UMA MENINA SE JUNTOU À FAMÍLIA
E IZABEL, SE CHAMOU...
NÃO ERA CRISTINA, COMO AS DEMAIS
MAS ERA FOFINHA, A ROSADA MENINA!
MENINO, BATALHAVA MUITO MAIS:
E QUASE AS 24 HORAS DO DIA,
NÃO DAVAM PARA ELE:
TRABALHAVA, E FACULDADE AINDA FAZIA...

MAS QUANDO JÁ ESTAVA
QUASE CHEGANDO AOS QUARENTA,
FICANDO DOENTE DIA A DIA,
UMA SURPRESA, O ALEGROU:
MENINO SERIA PAI, MAIS UMA VEZ...
E FECHAVA EM TRÊS...

AGORA A FAMÍLIA ERA DE CINCO PESSOAS:
MENINO, A ESPOSA E OS TRÊS FILHOS...
TINHA SIDO UMA MENINA, QUE NASCEU,
E PARA SE ESCOLHER O NOME, UM SORTEIO SE DEU...
THALIA CATARINA, FOI O NOME ESCOLHIDO,
QUE PARA A MÃE, ERA O NOME FAVORITO...

MAS APENAS POR MAIS DEZ ANOS, MENINO VIVEU...
THALIA, NÃO VIU EM NENHUM MOMENTO SEU PAI SÃO...
APENAS SEUS IRMÃOS TIVERAM ESSE PRIVILÉGIO,
ELA NÃO...
POIS NASCEU MUITO DEPOIS DELES,
E JÁ ENCONTROU O PAI DOENTE...
MESMO ASSIM, AMAVA-O INTENSAMENTE...

MENINO DEVE ESTAR, EMBAIXO DE UMA ÁRVORE, NUM PENHASCO,
EM ALGUMA COLÔNIA, LÁ DO CÉU...
PELO MUITO QUE SOFREU...
ERA ISSO QUE DIZIA, QUANDO DE SUA MORTE FALAVA,
POIS POR ELA, MENINO, JÁ ESPERAVA...

FÁTIMA ABREU


ESTE FOI MEU FALECIDO MARIDO, ADIR...


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=147495#ixzz1TVKJiW88
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, lindo... saudades que dilacera o coração!

    ResponderExcluir
  3. QUANDO ESCREVI, QSE CHOREI... É A VIDA! BEIJOS, FILHA AMADA...

    ResponderExcluir