quarta-feira, 13 de junho de 2018

Lua Cheia- Dueto




Na noite de lua cheia,
Céu límpido,
Ela me convida:
Do meu pedaço de céu,
Na serra,
Ou à beira mar...
Não importa o lugar. (JDM)*

Se é isso que ela quer,
Faremos então
O convite está aceito.
Os amantes se unem e a olham majestosa no céu. (FA)*

A admirar sua exuberância
Aos poetas com suas sensibilidades
A decantá-la em versos e poemas
Para sob seu véu, os corações apaixonados se amarem. (JDM)

Eu que a tenho como madrinha,
Lua cheia minha
A cubro de reverências
Pois, na beleza do teu brilho,
Eu me delicio... (FA)

Aos místicos a se purificarem,
Na energia que ela irradia.
A maré
À dançar ao seu ritmo. (JDM)

Ela que tem nove  representações para mãe que espera,
E o berço ainda vazio...
No rompante da última lua cheia,
A criança nasce, e aos pais seu amor possibilita,
O amor que a gerou e a lua contemplou... (FA)


Leia-se: JDM: JDavi Miguez
                  FA: Fátima Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário