quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A TUA CARNE NA MINHA







Eu que tinha deixado de pensar que isso aconteceria...
Mas, a minha noite se fez dia:
Você surgiu na minha vida.
O destino me colocou em seus braços, embora, quase que o caminho fora desviado.
Entretanto, a mão do falso acaso, resolveu a questão:
Agora me encontro perdidamente apaixonada!

Depois disso, um dia sem te encontrar, é como se um ano inteiro houvesse passado.
Nos acostumamos uma o outro; A presença!
Como você mesmo disse: O VÍCIO!
Ficamos viciados nos olhares, na entrega mútua dos desejos, nos beijos...
A tua carne na minha carne.

FÁTIMA ABREU FATUQUINHA


Um comentário: